Políticas Editoriais

Foco e Escopo

ALEXANDRIA é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica da UFSC. Seu objetivo principal é a divulgação de trabalhos de pesquisa na área de ensino de ciências e matemática.  A revista aceita artigos originais, direcionados para o desenvolvimento da cidadania e para a teoria e prática que caracterizam o ensino das ciências. Isso inclui todos os níveis e fases da educação, tanto formal como não-formal, bem como a formação inicial e continuada de professores.

 

Políticas de Seção

Artigos

Os artigos originais, que podem ser teóricos, aplicados, empíricos, ou de revisão, devem atender aos critérios de qualidade acadêmica para a pesquisa educacional.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Literatura, arte e ciência

Apresenta poemas não inéditos que se relacionam com o conhecimento científico e tecnológico.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

A Seção Resenhas publicará textos inéditos com comentários críticos sobre obras relevantes na área (Educação em Ciências, Educação Matemática e Educaão Tecnológica) publicadas nos últimos cinco anos. As resenhas devem conter um resumo e uma apreciação crítica da obra. A revista poderá publicar resenhas de livros por convite dos editores.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Edição temática

A revista aceita a submissão de propostas de edições temáticas, de acordo com o escopo da revista, para serem publicadas na qualidade de uma edição especial. Os proponentes devem ser pesquisadores envolvidos com a temática da edição. As propostas serão avaliadas pela equipe editorial e caso aceitas serão coordenadas pelos proponentes que participarão do processo editorial.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos são inicialmente avaliados pela equipe editorial, de modo a identificar se o trabalho está de acordo com o escopo da revista e as orientações em Diretrizes para  Autores, bem como se é apropriado para publicação em Alexandria. Além disso, os artigos são revisados em um software para identificação de plágio. Os trabalhos reprovados na avaliação editorial não são encaminhados aos pareceristas.

Após a avaliação editorial, os artigos passam por um processo de arbitragem por dois pareceristas e, se necessário, três. A revista conta com a colaboração de avaliadores externos.

Os artigos são avaliados por meio de formulário próprio. Segundo as diretrizes para avaliação, os trabalhos devem: a) conter uma argumentação clara e embasada, e mostrar uma ligação próxima entre os objetivos declarados do trabalho; a revisão de literatura; a pesquisa realizada; e as implicações derivadas para a prática;b) tratar do tema de tal modo que um avanço definido no conhecimento seja demonstrado; c) incluir uma revisão crítica da literatura relevante ;d)demonstrar, se for o caso, que investigações empíricas tenham sido conduzidas de forma tecnicamente competente; e) incluir uma avaliação crítica das conclusões; f) discutir, sempre que possível, as implicações da pesquisa apresentada para a prática da educação científica e tecnológica.

Após o recebimento dos pareceres, os autores devem retornar o artigo no prazo estipulado com as alterações, se for o caso. Uma justificativa circunstanciada deverá ser apresentada no caso do não atendimento de  sugestões. Após a aceitação para publicação, a versão final é solicitada de acordo com templete da revista. Quaisquer erros encontrados após a correção das provas serão de responsabilidade dos autores.

É garantido o anonimato aos autores e pareceristas.

 

Periodicidade

Semestral (com números nos meses de maio e novembro)

Frequentemente publica uma edição especial por ano.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

É permitida a reprodução dos artigos publicados para finalidades de ensino e pesquisa.

 

Arquivamento

Alexandria se preocupa com o acesso ao conteúdo a longo prazo. Caso ocorra algum sinistro nos servidores, os arquivos digitais da revista estão preservados na Rede Cariniana, que utiliza o programa LOCKSS. O LOCKSS cria um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes, o qual permite que elas criem  arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração.

 

Indicadores Qualis Capes 2015

Relação dos indicadores conforme o Qualis - CAPES para as áreas de avaliação. A principal área de avaliação da revista é Ensino.

Qualis-Capes 2015
Áerea Estrato
BIODIVERSIDADE
CIÊNCIAS BIOLÓGICAS II                            
EDUCAÇÃO FÍSICA                                   B5
ENFERMAGEM                                        B4
ENSINOA2
HISTÓRIA                                          B3
QUÍMICA                                           
SAÚDE COLETIVA                                    B5

 

Estatísiticas e Métricas de Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia

Awstats - janeiro - junho 2017

Google Acadêmico - Artigos mais citados

Metabase - Estatísticas Counter e Google Analytics 2017

 

Ética e boas práticas para a pesquisa e a publicação

Política antiplágio: antes da avaliação pelos árbitros, os artigos são examinados com o auxílio de um software pela equipe editorial para a identificação de plágio e/ou autoplágio. Caso seja identificado plágio e/ou autoplágio o manuscrito é rejeitado.

 

Trabalhos publicados previamente em evento: a equipe editorial recomenda informar no momento da submissão, se for o caso, que uma versão preliminar do artigo já foi previamente publicada em anais de evento ou se foi aprovada para publicação em anais de evento. A Alexandria aceita somente versões consideravelmente ampliadas e revisadas em que se julga ter novidades que justificariam a avaliação pelos árbitros.

 

Recomendações de leitura para autores e pareceristas, visando a integridade da atividade científica e publicações:

 

- Diretrizes básicas para a integridade na atividade científica: http://cnpq.br/diretrizes

- Committee on Publication Ethics (COPE): https://publicationethics.org/

 

Taxas para submissão e publicação de textos

A Alexandria não cobra taxas de submissão e processamento de artigos (APCs)