Análise de textos de divulgação científica sobre genética inseridos em livros didáticos de biologia

Bruna Sarpa Miceli, Marcelo Borges Rocha

Resumo


Este artigo apresenta a relação da divulgação científica (DC) juntamente com a genética e os livros didáticos (LDs). Foi questionado que alterações ocorrem nos textos de DC quando estes são inseridos nos LDs de Biologia e que implicações essas alterações podem provocar no entendimento sobre ciência. O objetivo desta pesquisa é analisar as possíveis modificações realizadas no LD em relação às suas fontes originais. Uma coleção de LD de Biologia do Ensino Médio foi selecionada e sete textos foram analisados de acordo com as categorias de reelaboração discursiva, natureza da ciência, linguagem e grau de hibridez dos textos do LD. Os resultados indicaram que a exclusão foi o elemento mais frequente durante a reelaboração discursiva, apesar dos textos contribuírem para uma visão de natureza da ciência e apresentarem recursos linguísticos que facilitam a compreensão do leitor representando recursos importantes para serem utilizados no ensino.

Palavras-chave


Divulgação científica; Genética; Livros didáticos; Reelaboração discursiva; Linguagem

Texto completo:

PDF/A

Referências


BARDIN, L. Análise de conteúdo. 3ª ed. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais : Ciências Naturais / Secretaria de Educação Fundamental.Brasília : MEC / SEF, p.19-122, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. PNLD 2018: guia de livros didáticos – ensino médio / Ministério da Educação – Secretária de Educação Básica – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Brasília, DF: 2017. Disponível em: http://www.fnde.gov.br/pnld-2018/.

BUENO, W. C. Comunicação Científica e Divulgação Científica: aproximações e rupturas conceituais. Informação & Informação, v. 15, n. esp, p. 1-12, 2010.

CAREGNATTO, R. C. A; MUTTI, R. Pesquisa qualitativa: análise de discurso versus análise de conteúdo. Texto & Contexto: Enfermagem, v. 15, n. 4, p.679-684, 2006.

DIAS, G.R; SILVA, J. M; BENTO, J. I.M; CATANHEDE, S. C.S; CATANHEDE, L. B. Textos de divulgação científica: análise e caracterização para utilização no ensino de matemática. Revista Eletrônica de Educação Matemática, v. 11, n. 1, p. 84-98, 2016.

FERRARI, P. C; ANGOTTI, J. A; CRUZ, F. F. S. A divulgação científica na educação escolar: discutindo um exemplo. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 5., 2005, Bauru. Atas..., Bauru, 5., 2005.

FERREIRA, L. N. A.; QUEIROZ, S. L. Textos de divulgação científica no ensino de ciências: uma revisão. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v.5, n.1, p.3-31, 2012.

FIOREZE, J. Z; DELIZOICOV, N. C. Livros didáticos de Biologia e a história da Ciência. Roteiro, v. 40, n. 1, p.101-126, 2015.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ªed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOLDBACH, T; EL-HANI, C. Entre Receitas, Programas e Códigos: Metáforas e Idéias Sobre Genes na Divulgação Científica e no Contexto Escolar. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia , v. 1, n. 1, p.153-189, 2008.

GOMES, I. Dos laboratórios aos jornais: Um estudo sobre o jornalismo científico. Dissertação de mestrado do Programa de Pós-graduação em Letras e Lingüística. Centro de Artes e Comunicação, UFPE, Recife, 1995.

KEMPER, A; ZIMMERMANN, E; GASTAL, M. L. Textos populares de divulgação científica como ferramentas didático pedagógica: o caso da evolução biológica. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 10, n. 3, p.25-50, 2010.

KINOUCHI, O; KINOUCHI, J.M; MANDRÁ, A. A. Metáforas científicas no discurso jornalístico. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 34, n. 4, p. 1-12, 2012.

LOUREIRO, J. M. M. Museu de ciência, divulgação científica e hegemonia. Ci. Inf., Brasília, v. 32, n. 1, p. 88-95, 2003.

MARTINS, I; CASSAB, M.; ROCHA, M. B. Análise do processo de re-elaboração discursiva de um texto de divulgação científica para um texto didático. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v.1, n.3, p.1-9, 2001.

MASCARENHAS, M. J. O; SILVA; V. C; MARTINS, P. R. P; FRAGA, E. C; BARROS, M. C. Estratégias metodológicas para o ensino de genética em escola pública. Pesquisa em foco, v. 21, n. 2, p. 05-24, 2016.

MOREIRA, I. C; MASSARANI, L. Aspectos históricos da divulgação científica no Brasil. In: MASSARANI, L; MOREIRA, I. C; BRITO, F. (Orgs). Ciência e público: caminhos da divulgação científica no Brasil. Rio de Janeiro: Casa da Ciência, 2002. p .43- 64.

MOURA, J; DEUS, M. S. M; GONÇALVES, N. M. N; PERON, A. P. Biologia/Genética: O ensino de biologia, com enfoque a genética, das escolas públicas no Brasil – breve relato e reflexão. Semina: Ciências Biológicas e da Saúde, Londrina, v. 34, n. 2, p. 167-174, 2013.

NASCIMENTO, T. G. O discurso da divulgação científica no livro didático de ciências: características, adaptações e funções de um texto sobre clonagem. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 5, n. 2, p.15-28, 2005.

NASCIMENTO, T. G; MARTINS, I. O texto de genética no livro didático de ciências: uma análise retórica crítica. Investigações em Ensino de Ciências, v. 10, n. 2, p. 255-278, 2005.

PASSERI, M.G; AIRES, R.M; ROCHA, M. B. Reelaboração discursiva de um texto de divulgação científica sobre crise hídrica em um livro didático de Ciências. Ensino, Saúde e Ambiente, v. 10, n.1, p. 142-162, 2017.

PUIATI, L. L; BOROWSKY, H. G; TERRAZZAN, E. A. O texto de divulgação científica como recurso para o ensino de Ciências na Educação Básica: um levantamento das produções do ENPEC. In: VI ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 6., 2007, Florianópolis. Atas..., Florianópolis/ SC, 2007.

SÁ-SILVA, J. R; ALMEIDA, C. D; GUINDANI, J. F. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, v.1, n.1, p.1-15, 2009.

SILVA, H. C. O que é divulgação científica? Ciência & Ensino, v.1, n.1, p. 53-59, 2006.

SILVA, L.L; PIMENTEL, N.L; TERRAZZAN, E. As analogias na revista de divulgação científica ciência hoje das crianças. Ciência & Educação, v. 17, n. 1, p. 163-181, 2011.

SOUZA, P. H. R. Análise dos textos de divulgação científica referentes à biologia animal em livros didáticos de biologia para o ensino médio. Tese de doutorado. Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Educação, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ), p.1-223, 2017.

SOUZA, P. H.R; ROCHA, M. B. Análise do processo de Reelaboração Discursiva na incorporação de um texto de Divulgação Científica no livro de Ciências. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, v. 7, n. 1, p.53-69, 2014.

SOUZA, P. H. R; ROCHA, M. B. Caracterização dos textos de divulgação científica inseridos em livros didáticos de biologia. Investigações em Ensino de Ciências, v. 20, n. 2, p. 126-137, 2015.

SOUZA, P. H. R; ROCHA, M. B. Análise da linguagem de textos de divulgação científica em livros didáticos: contribuições para o ensino de biologia. Ciência & Educação, v. 23, n. 2, p. 321-340, 2017a.

SOUZA, P. H. R; ROCHA, M. B. A linguagem e o discurso de textos de divulgação científica inseridos em livros didáticos. Enseñanza de las ciencias p. 4659-4664, 2017b.

TARGINO, M. G. Divulgação científica e discurso. Comunicação & Inovação, v.8, n.15, p. 19-28, 2007.

TEIXEIRA, I. M; SILVA, E. P. História da eugenia e ensino de genética. História da Ciência e Ensino, v. 15, p. 63-80, 2017.

TEMP, D. S; BARTHOLOMEI-SANTOS, M. L. Genética e suas aplicações: identificando o conhecimento presente entre concluintes do ensino médio. Ciência e Natura, v. 36, n. 2, p. 358 – 372, 2014.

XAVIER, M. C. F.; FREIRE, A.S; MORAES, M. O. A nova (moderna) biologia e a genética nos livros didáticos de biologia no ensino médio. Ciência & Educação, v. 12, n. 3, p. 275-289, 2006.

ZAMBONI, L. M. S. Heterogeneidade e subjetividade no discurso da divulgação científica. Tese (Doutorado) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas p.1-211, 1997.




DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2019v12n2p121

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Alexandria: R. Educ. Ci. Tec., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1982-5153

Licença Creative Commons

Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.