Morfometria do timo de coelhos Nova Zelândia branco tratados com gentamicina

Matheus Henrique Magalhães Silva, Maria Rita Pacheco, Annita Morais Girardi, Marília Ferreira Rosa, Silvana Martinez Baraldi Artoni, Marcos Lania Araújo

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar a morfometria da cortical e medular dos lóbulos tímicos individualizados de coelhos da raça Nova Zelândia Branco pela determinação da área (µm2), perímetro (µm), diâmetro máximo (µm), diâmetro mínimo (µm) e fator de forma. Deste modo, o timo de dez coelhos tratados com gentamicina e dez controles (machos e fêmeas) foram histologicamente processados. A dose de gentamicina utilizada e o tempo de administração deste aminoglicosídeo foram adequados e condizentes à recomendação terapêutica. Este antibiótico não alterou a morfometria deste órgão e não foi imunodepressor.


Palavras-chave


Coelho; Gentamicina; Morfometria; Timo

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n3p143

Direitos autorais 2010 Matheus Henrique Magalhães Silva, Maria Rita Pacheco, Annita Morais Girardi, Marília Ferreira Rosa, Silvana Martinez Baraldi Artoni, Marcos Lania Araújo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Biotemas. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 2175-7925

Licença Creative Commons
Este periódico está licenciado conforme Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.