Ictiofauna do arroio Quarai-Chico, bacia do médio rio Uruguai, no interior do Parque Estadual do Espinilho, Rio Grande do Sul, Brasil

Autores

  • Edward Frederico Castro Pessano Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana
  • Claudia Lisiane de Oliveira Azevedo Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana
  • Marcus Vinicius Morini Querol Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana
  • Enrique Querol Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana
  • Luciano Gonçalves Brasil Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana
  • Luis Roberval Bortoluzzi Castro Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana
  • Thiago Bortoluzzi Pinto Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana
  • Flavia Vessozi Corrêa Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Arroio Quarai–Chico, Ictiofauna, Parque Estadual do Espinilho

Resumo

Com o objetivo de identificar a composição ictiofaunistica do arroio Quarai-Chico, um afluente do médio rio Uruguai, localizado no Parque Estadual do Espinilho, município da Barra do Quarai, RS, foram realizadas amostragens sazonais no período de um ano, de abril de 1997 a março de 1998. As capturas dos exemplares foram efetuadas mediante a técnica da pesca elétrica. Durante o trabalho, foram capturados 3.564 indivíduos, distribuídos em 37 espécies, 27 gêneros e 14 famílias. A família Characidae apresentou maior representatividade, com 12 espécies capturadas e as famílias Anostomidae, Gymnotidae, Heptapteridae, Pimelodidae, Poecillidae, Synbranchidae e Sternopygidae apresentaram cada uma, apenas uma única espécie capturada. Os resultados obtidos demonstram uma diversidade íctica superior em relação a outros arroios já estudados na região da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul.

Biografia do Autor

Edward Frederico Castro Pessano, Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana

Graduado em Ciências Biológicas pela PUCRS e Especialista em Educação Ambiental pela FACISA. Atualmente é servidor da Universidade Federal do Pampa e Mestrando do Programa de Pós-Graduação de Educação em Ciências da Universidade Federal de Santa Maria.

Mais informações no Currículo Lattes.

Marcus Vinicius Morini Querol, Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana

Possui Graduação em Ciências Biológicas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Mestrado em Biociências (Zoologia) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e Doutorado em Biociências (Zoologia) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Atualmente é professor adjunto e líder de grupo de pesquisa da Universidade Federal do Pampa.

Mais informações no Currículo Lattes.

Enrique Querol, Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana

Possui Graduação em História Natural pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e Doutorado em Ciências Biológicas pela Universitat de Barcelona. Atualmente é professor titular da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul onde desempenha as funções de Professor e Pesquisador atuando na área administrtiva como Assessor de Pesquisa e Coordenador do Curso de Ciências Biológicas.

Mais informações no Currículo Lattes.

Luciano Gonçalves Brasil, Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana

Possui Graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura Plena) pela Pontifícia Universidade Católica do rio Grande do Sul, Uruguaiana.

Mais informações no Currículo Lattes.

Luis Roberval Bortoluzzi Castro, Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana

Possui Graduação em Ciências Biológicas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Atualização em Limnologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Especialização em Licenciamento Ambiental pela Faculdade Integrada da Grande Fortaleza.

Mais informações no Currículo Lattes.

Thiago Bortoluzzi Pinto, Núcleo de Pesquisas Ictiológicas, Limnológicas e Aqüicultura da Bacia do Rio Uruguai (NUPILABRU) PUCRS – Campus Uruguaiana

Possui Graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura Plena) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - Câmpus Uruguaiana.

Mais informações no Currículo Lattes.

Downloads

Publicado

2005-01-01

Edição

Seção

Artigos