O espaço da psiquiatria nos dispositivos de segurança na França

Autores

  • Claude-Olivier Doron \Universidade Paris Diderot, Centro de História e Filosofia das Ciências.

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8951.2014v15n107p7

Palavras-chave:

Dispositivo de segurança, Psiquiatria, França

Resumo

Este artigo tem por objetivo estudar como a psiquiatria, na França, se insere num conjunto de dispositivos de segurança, os quais tomam por objeto tanto a gestão dos « riscos » reputados aferentes aos transtornos mentais quanto à gestão dos « riscos » de recidiva de crimes violentos. Em outro, este artigo tem como propósito estudar a posição da psiquiatria, de um lado, no cerne do que se convêm de chamar de « dispositivo de saúde mental” e de outro, no seio do dispositivo penal, sendo que, como veremos brevemente a seguir, ambos conheceram nessas últimas décadas algumas transformações análogas, que os fazem antes de tudo dispositivos de segurança no estrito sentido do termo promovido por Michel Foucault. Eu vou expor aqui um quadro geral, rápido e esquemático a fim de abrir futuras discussões.

Biografia do Autor

Claude-Olivier Doron, \Universidade Paris Diderot, Centro de História e Filosofia das Ciências.

Mebro da Universidade Paris Diderot, Centro de História e Filosofia das Ciências.

Downloads

Publicado

2014-12-17

Edição

Seção

Dossiê