A elaboração de novos sentidos em cena: Relato de experiência acerca de encontro entre bailarina e usuário-morador

Autores

  • Maria Albers

Palavras-chave:

Dança, Saúde Mental, Densidade Simbólica Diferenciada, Contato-Improvisação.

Resumo

De março a maio de 2013, acompanhia italiana de teatro Accademia della Follia realizou residência artística nas dependências do Hospital Psiquiátrico São Pedro (HPSP), em Porto Alegre.Formadapor ex-moradores de instituições psiquiátricas de Triest, a companhia tinha por objetivo realizar durante este período oficinas de teatro e a montagem de um espetáculo, do qual participassem moradores e ex-moradores da instituição porto-alegrense em questão. Comobailarina e residente do Programada da Residência Integrada em Saúde (RIS) da Escola de Saúde Pública (ESP), inseri-me no processo junto a Accademia della Follia, facilitando a participação dos usuários-moradores nas oficinas e ensaios do espetáculo Azul Como A Liberdade. Neste processo, ocorreu o meu encontro com Cunha, morador institucionalizado no HPSP há mais de 20 anos, que construiu no vínculo comigo a condição sine qua para participar das oficinas. Frente ao vínculo corporal quase obsessivo que tinha em relação a mim, a forma de manejo possível foi transformar os nossos encontros em movimentos de dança, utilizando de princípios do Contato-Improvisação, técnica de dança que pode ser praticada por qualquer pessoa disposta ao toque, pois a emergência do movimento dançado depende de um toque recíproco entre duas pessoas, podendo se desenvolver pelo espaço em inúmeras possibilidades. Os desdobramentos de sentidos que estes encontros produziram e como estes se resolveram na apresentação do espetáculo é o que se pretende relatar neste trabalho, identificando na cena e na dança um articulador para isso. Analisa-se a experiência a partir do conceito de densidade simbólica diferenciada, de Andréa Guerra (2000).

 

Downloads

Publicado

2014-07-12

Como Citar

ALBERS, M. A elaboração de novos sentidos em cena: Relato de experiência acerca de encontro entre bailarina e usuário-morador. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 6, n. 13, p. 134, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/68925. Acesso em: 23 jun. 2021.