A competência em informação e o bibliotecário mediador da leitura em Biblioteca Pública

Autores

  • Lidia Eugenia Cavalcante Universidade Federal do Ceará
  • Alessandro Rasteli Universidade Estadual Paulista - UNESP - Marilia.

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2013v18n36p157

Palavras-chave:

Competência em Informação, Leitura, Mediação de Leitura, Biblioteca Pública

Resumo

A competência em informação (information literacy) está no núcleo do aprendizado ao longo da vida. Seu conceito veicula-se à necessidade de se exercer o domínio sobre o sempre crescente universo informacional, abrangendo-se em três dimensões: conhecimento, habilidades e atitudes. Como mediadores de leitura, os bibliotecários devem buscar o aprendizado contínuo e a melhoria de suas qualificações e competências, envolvendo-se e colaborando com a crescente demanda evidenciada nos diversos segmentos da sociedade, a exemplo da escola e da biblioteca pública. Na função de agente socializador da informação, o bibliotecário contribuirá no processo de aprendizagem dos indivíduos através das mais diversas formas de leituras e suportes, como também em suas práticas, ajudando o leitor a atingir nível elevado de complexidade no processo de leitura/escrita e na produção de sentidos. Refletir o papel do bibliotecário como agente educacional e a biblioteca pública enquanto equipamento multicultural, pluralista e aprendente, tornam-se a base dessa transformação, demonstrando que a biblioteca pública não é lugar de estoques estanques, mas sim, espaços de possibilidades de transformação, esse, portanto, é do que trata esse estudo.

Biografia do Autor

Alessandro Rasteli, Universidade Estadual Paulista - UNESP - Marilia.

Bibliotecário, Especialista e Mestrando em Ciência da informação

 

Downloads

Publicado

2013-04-17

Edição

Seção

Artigo