A geração e o gerenciamento de referências bibliográficas com o Mecanismo Online para Referências - MORE

Autores

  • Proxério Manoel Felisberto Universidade Federal de Santa Catarina
  • Roderval Marcelino Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Maria Bernardete Martins Alves Universidade Federal de Santa Catarina
  • João Bosco da Mota Alves Universidade Federal de Santa Catarina
  • Juarez Bento da Silva Universidade Federal de Santa Catarina
  • Vilson Gruber Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2015v20n42p79

Palavras-chave:

Referências Bibliográficas, Sistema Web, Coleções de Referências, Tecnologias da Informação e Comunicação

Resumo

A produção científica e a elaboração de trabalhos acadêmicos revestem-se de formalidades próprias. Destas formalidades busca-se, neste trabalho, abordar as que se referem à forma de concessão dos méritos aos autores das obras utilizadas no embasamento teórico, através das citações e referências bibliográficas. O que se pretende é o auxilio aos usuários de biblioteca na geração e gerenciamento de referências fazendo uso de uma ferramenta web desenvolvida para esta finalidade. Vários são os aplicativos, sejam eles desktop e/ou disponibilizados através da web, que poderiam suprir esta necessidade. No entanto, alguns requerem a aquisição de algum tipo de licença onerosa para desfrutar de todas as suas possibilidades. Outros possuem a versão gratuita, todavia, são muito limitadas e por vezes não contemplam a geração de referências nos moldes especificados pela ABNT. Existem outras que não disponibilizam a funcionalidade de armazenamento das referências geradas para serem utilizadas em momento posterior. No intuito de suprir esta lacuna foi desenvolvido e disponibilizado ao público em geral, através da web, o Mecanismo Online para Referências (MORE), no ano de 2006. Entretanto, o rápido avanço tecnológico aliado ao aumento do número de usuários do sistema contribuíram para a necessidade de atualização do mesmo, realizada recentemente. Ressalta-se que todo o trabalho foi desenvolvido, exclusivamente, com o uso de tecnologias gratuitas e popularmente consagradas. Inicialmente, buscou-se identificar quais são as principais ferramentas geradoras e/ou gerenciadoras de referências bibliográficas disponíveis para uso e quais tecnologias gratuitas poderiam ser utilizadas na construção de sistemas web interativos. Na sequência descreve-se, de forma sucinta o processo de reengenharia a que o MORE foi submetido, sua nova estrutura, novos requisitos implementados com sua remodelagem e ampliação do seu portfólio de funcionalidades. Finalizando, faz-se uma síntese dos resultados alcançados atualmente em contrapartida aos resultados anteriores à sua atualização.

Biografia do Autor

Proxério Manoel Felisberto, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestrando do Curso de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação, no Campus Araranguá, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Roderval Marcelino, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Dr., Professor Adjunto do Campus Araranguá

Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Araranguá

Araranguá – Santa Catarina – Brasil

Maria Bernardete Martins Alves, Universidade Federal de Santa Catarina

Msc, Bibliotecária

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Trindade

Florianópolis – Santa Catarina – Brasil

João Bosco da Mota Alves, Universidade Federal de Santa Catarina

Dr., Professor Voluntário do Campus Araranguá

Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Araranguá

Araranguá – Santa Catarina – Brasil

Juarez Bento da Silva, Universidade Federal de Santa Catarina

Dr., Professor Adjunto do Campus Araranguá

Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Araranguá

Araranguá – Santa Catarina – Brasil

Vilson Gruber, Universidade Federal de Santa Catarina

Dr., Professor Adjunto do Campus Araranguá

Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)/Campus Araranguá

Araranguá – Santa Catarina – Brasil

Referências

ALVES, M. B. M.; MENDES, L. L.; ALVES, J. B. da M. More: Mecanismo on-line para Referências. 2007. Disponível em: <http://xa.yimg.com/kq/groups/25169972/1250144979>. Acessado em 14 set. 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). Conheça a ABNT. 2014. Disponível em: < http://www.abnt.org.br/m3.asp?cod_pagina=929 >. Acessado em 21 out. 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6023: Informação e Documentação - Referências - Elaboração. Rio de Janeiro, ago. 2002. 24 p.

BLANKENSHIP, J.; BUSSA, M.; MILLETT, S. Pro Agile .NET Development with Scrum. New York, US: Apress Media, 2012. 381 p.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; SILVA, R. da. Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007. 159 p.

ESTORNIOLO FILHO, J. EndNote Web: guia de uso. 6. ed. São Paulo, jan. 2013. 29 p. Disponível em: < http://www.bvs-sp.fsp.usp.br:8080/image/pt/internas/manuais/endnoteweb.pdf >. Acessado em 06 set. 2014.

GABARDO, A. C. PHP e MVC com CodeIgniter. 1. ed. São Paulo: Novatec, 2012. 286 p.

GILMORE, W. J. Dominando PHP e MySQL: do iniciante ao profissional. 3. ed. Rio de Janeiro: Alta Books, 2011. 769 p. Tradução de Raquel Marques e Lúcia Kinoshita. 2a reimpressão.

GONÇALVES, E. Dominando o Netbeans. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2006.

HOLZNER, S. Eclipse. Sebastopol, US: O'Reilly Media, 2004. 317 p.

LOUDON, K. Desenvolvimento de Grandes Aplicações Web. São Paulo: Novatec Editora, 2010. Tradução: Rafael Zanolli.

PALOMAR COLLEGE LIBRARY. EasyBib: Write Smart. [S.l.], 2014. Disponível em: <http://www.palomar.edu/library/easybib/what-is-EasyBib.pdf>. Acessado em 17 out. 2014.

PESTANA, M. C.; FUNARO, V. M. de O. Manual EndNote Web: guia do usuário. São Paulo, 2009. 23 p. Disponível em: <http://143.107.23.244/sdo/arquivos/Manual_EndNote_Web.pdf>. Acessado em 06 set. 2014.

SERRA, A. P. G. Reengenharia de software: uma visão geral. Engenharia de Software Magazine. Rio de Janeiro, n. 11, p. 20-24, 2009. Mensal.

SILVA, M. S. CSS3: desenvolva aplicações web profissionais com uso dos poderosos recursos de estilização das CSS3. São Paulo: Novatec, 2012.

SILVA, M. S. JavaScript: guia do programador. São Paulo: Novatec, 2010. 604 p.

SOMMERVILLE, I. Engenharia de Software. 9. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011. 529 p. Tradução Ivan Bosnic e Kalinga G. de O. Gonçalves.

SOURCEFORGE.NET. JabRef Reference Manager: documentation. 2014. Disponível em: < http://jabref.sourceforge.net/documentation.php >. Acessado em 05 set. 2014.

THE LANDMARK PROJECT. Citation Machine. [S.l.], 2014. Disponível em: <http://citationmachine.net/index2.php>. Acessado em 15 set. 2014.

TONU, M. A. H. PHP Application Development with NetBeans: Beginner's guide. Birmingham, UK: Packt Publishing, 2012. 283 p.

UPTON, D. CodeIgniter for Rapid PHP Application Development. Birmingham, UK: Packt Publishing, 2007. 244 p.

UNIVERSIDAD DE SEVILLA. PROCITE: Gestión de referencias bibliografías. fev. 2006. Disponível em: <http://bib.us.es/aprendizaje_investigacion/publicar_citar/herramientas/common/procite.pdf>. Acessado em 09 set. 2014.

VAUGHAN-NICHOLS, S. J. Will HTML5 restandardize the web?. Computer, v. 43, n. 4, p. 13-15, April 2010.

Downloads

Publicado

2015-04-14

Edição

Seção

Artigo