Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Textos de Economia, abreviatura Text. Econ., é uma revista editada pelo Departamento de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina. Criada em 1986, publica artigos teóricos e aplicados em Economia e áreas afins. A revista possui uma postura pluralista, aberta às diferentes correntes de pensamento econômico.

As deliberações editoriais seguem critérios de qualidade acadêmica. Os trabalhos submetidos são avaliados por pareceristas externos e é preservado o anonimato dos autores e pareceristas ao longo do processo de avaliação.

O objetivo da Text. Econ. é publicar artigos teóricos e aplicados em Economia e áreas afins a partir de uma visão pluralista, aberta às diferentes correntes de pensamento econômico e orientações de pesquisa.

A Text. Econ. não cobra qualquer tipo de taxa para submissão, avaliação, processamento e publicação de artigos.

São preservados os direitos autorais aos autores que apenas concedem o direito de primeira publicação à revista.

 

 

Políticas de Seção

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação dos artigos submetidos à Textos de Economia ocorre pelo sistema denominado “avaliação cega” ou “blind review”.

Todo o processo de avaliação (por pares e às cegas) está baseado em critérios de qualidade e segue as boas práticas para publicação.

O artigo é enviado exclusivamente através da página eletrônica da revista. A identificação do(s) autor(es) é feita somente na página. O artigo submetido não deve conter nenhum elemento que identifique seus autores.

O editor, posteriormente, encaminha o trabalho submetido à apreciação de dois pareceristas, que compõem o corpo de avaliadores da Textos de Economia. A revista conta com a colaboração de avaliadores externos.

Os avaliadores são instruídos, no processo de avaliação, a considerar: a relevância do tema, a originalidade da contribuição nas áreas temáticas da economia e demais ciências sociais, a clareza do texto, a adequação da bibliografia, a estruturação e o desenvolvimento teórico, a metodologia utilizada e as conclusões do trabalho apresentado.

Após avaliação dos artigos pelos pareceristas, os artigos recomendados passam pelas seguintes revisões: a) pelos autores, para revisão dos ajustes recomendados pelos avaliadores; e b) pela comissão técnica da Revista Textos de Economia, para revisão e formatação final do artigo.

 

Periodicidade

A periodicidade da Revista Textos de Economia é semestral e o recebimento das submissões on-line é ininterrupto.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Textos de Economia se preocupa com o acesso ao conteúdo a longo prazo. Caso ocorra algum sinistro nos servidores, os arquivos digitais da revista estão preservados na Rede Cariniana, que utiliza o programa LOCKSS. O LOCKSS cria um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes, o qual permite que elas criem  arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração.

 

Estatísticas da Revista Textos de Economia

 

 

Ética em pesquisa e publicação

Aos pesquisadores, autores, editores e pareceristas, além dos preceitos éticos, aplicam-se normas de conduta  que derivam da finalidade específica de sua profissão: a construção e a apropriação coletivas da ciência. Essas normas definem a integridade ética das atividades científicas e podem ser deduzidas de um princípio fundamental: todo cientista deve exercer sua profissão da maneira mais apropriada para que daí resulte o avanço e socialização da ciência de forma pública.

A Revista Textos de Economia está convencida de que a conjugação dos esforços de pesquisadores, instituições de pesquisa, autores, editores e pareceristas terão êxito em manter a divulgação e da pesquisa científica em conformidade com os padrões da integridade ética.

A Revista Textos de Economia preocupa-se com a Integridade em Pesquisa, Ética na Ciência e em Publicações, por isso recomenda aos autores, pareceristas e editoreso estudo dos seguintes documentos de diretrizes básicas para a integridade da atividade científica e publicações:

a)      a Declaração de Cingapura sobre Integridade em Pesquisa, 2010, http://www.singaporestatement.org/translations.html;

b)      o Código de Boas Práticas em Pesquisa da FAPESP, 2014 http://www.fapesp.br/boaspraticas/;

c)      as Diretivas para a Integridade da Pesquisa do CNPq, 2011 http://cnpq.br/diretrizes;

d)      o documento de Cooperação entre Instituições de Pesquisa e Periódicos em Casos de Integridade em Pesquisa: Orientação do Comitê [Internacional] de Ética em Publicações - COPE (http://publicationethics.org/);

e)      a Resolução do Conselho Nacional de Saúde nº 510, de 07 de abril de 2016 - Dispõe sobre as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais (http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf).

 

Taxas para submissão e publicação de textos

A Textos de Economia não cobra taxas de submissão e de processamento de artigos (APCs).