As alternativas de construção de “um outro mundo possível”: Movimentos Sociais, Estado e/ou Classe Trabalhadora?

Autores

  • Wolney Roberto Carvalho Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)
  • Samya Campana UFSC-CED

DOI:

https://doi.org/10.5007/1980-3532.2012n8p23

Palavras-chave:

Movimentos Sociais, Estado, Classe Trabalhadora

Resumo

Considerando que o modo de produção capitalista é o produtor da desigualdade social e insuficiente como garantidor das condições elementares humanas, o artigo tem como objetivo apresentar as alternativas para a construção de ´um outro mundo possível`, lançando mão da abordagem de Immanuel Wallerstein e Ellen Wood para elucidar a importância da participação dos movimentos sociais, do Estado e da classe trabalhadora no processo. Para tanto, o artigo propõe um diálogo crítico, especialmente acerca da posição assumida por Wallerstein, a partir de uma breve exposição acerca da formulação de ambos os autores sobre o assunto e em se tratando da crise atual do capitalismo. O resultado dessa investigação aponta que as possibilidades efetivas de “um outro mundo” encontram respaldo na atuação da classe trabalhadora no poder do Estado.

Biografia do Autor

Wolney Roberto Carvalho, Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)

Professor do Curso de Ciências Econômicas - UNILA.

 

Samya Campana, UFSC-CED

Doutoranda em Educação/UFSC

Downloads

Publicado

2013-09-27

Edição

Seção

Artigos