A marginalidade da linguística na sci-fi: uma crítica a partir da estória dos heptápodes nas obras de Chiang e Villeneuve

Autores

  • Luiz Henrique Milani Queriquelli Universidade do Sul de Santa Catarina (UNIASSELVI)

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2019v16n2p3758

Palavras-chave:

Linguística, Ficção científica, Filosofia da linguística

Resumo

Inspirado pela novela História da Sua Vida (1999), de Ted Chiang, e sua contraparte cinematográfica, o filme A chegada (2016), de Denis Villeneuve, roteirizado por Eric Heisserer, sob a supervisão dos linguistas Jessica Coon e Morgan Sonderegger, este ensaio pretende oferecer, em sua primeira parte, uma breve análise de tais obras, destacando alguns de seus méritos e fragilidades; e, complementarmente, em sua segunda parte, com base nas considerações ensaiadas ao longo da análise, apresentar uma reflexão sobre a marginalidade da ciência da linguagem no gênero sci-fi e sobre a própria ficção científica como alternativa para sair dessa condição.

Biografia do Autor

Luiz Henrique Milani Queriquelli, Universidade do Sul de Santa Catarina (UNIASSELVI)

Doutor em Linguística (Ufsc), pesquisador na área de estudos românicos e linguística histórica, professor nas universidades Uniasselvi e Unisul.

Referências

ASIMOV, I. Forward. In: HOLDSTOCK, R. (ed.). Encyclopedia of Science Fiction. London: WH Smith Pub., 1978. p. 10-15.

COUZINET, V. Transmitir, difundir: formas de institucionalização de uma disciplina. Perspect. ciênc. inf., Belo Horizonte, v. 14, n. spe, p. 5-18, 2009.

DERRIDA, J. Gramatologia. Trad. Míriam Chnaiderman e Renato Janine Ribeiro. São Paulo: Perspectiva, 2008.

FRAKNOI, A. Teaching astronomy with science fiction: a resource guide. Astronomy Education Review, Tucson, v. 1, n. 2, p. 112-119, jul. 2002/jan. 2003.

KAY, P.; KEMPTON, W. What is the Sapir-Whorf-hypothesis? American Anthropologist, n. 86, p. 65-79, 1984.

MILNER, J.-C. O amor da língua. Trad. Paulo Sérgio de Souza Jr. Campinas: Unicamp, 2012 [1978].

MOTA, S. B. V. da. A Gramatologia, uma ruptura nos estudos sobre a escrita: a Disruption on Written Language Studies. DELTA, São Paulo, v. 13, n. 2, p. 291-313, ago. 1997.

POPPER, K. The logic of scientific discovery. New York: Basic Books, 1959.

SAPIR, E. Language, culture and personality. Berkeley: University of California Press, 1949.

WHORF, B. L. Language, thought, and reality. Boston: Technology Press of Massachusetts Institute of Technology, 1956.

SEUREN, P. From Whorf to Montague: explorations in the theory of language. Oxford: Oxford University Press, 2013.

SIGNORINI, I. Por um teoria da desregulamentação linguística. In: BAGNO, M. (org.). Linguística da norma. São Paulo: Edições Loyola, 2002. p. 93-127.

Publicado

2019-08-01

Edição

Seção

Ensaio