Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Katálysis é editada pelo Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e pelo Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina, classificada como A1 pelo Qualis/Capes. A Revista Katálysis tem o objetivo de publicar produções científicas atuais e relevantes relacionadas ao Serviço Social, abrangendo temáticas das Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, política social, trabalho, questão social e saúde pública.

É uma Revista científica, de periodicidade quadrimestral, arbitrada, indexada, de circulação nacional e internacional, com inserção em países de língua portuguesa e hispânica. De natureza acadêmica, é voltada para o Serviço Social e áreas afins, para professores, pesquisadores, profissionais e para os segmentos da sociedade civil e política, cuja interdisciplinaridade lhe é inerente. Por seu vínculo com uma universidade pública, contribui para a construção de espaços públicos de socialização do conhecimento científico, acumulando, desde 1997, um rico acervo de informações, análises, fontes teóricas, debates, pesquisas e experiências.

 

Políticas de Seção

Artigo

Corresponde a um trabalho científico original e inédito, contendo revisão crítica ou resultado de pesquisas de natureza empírica ou teórica, redigido em Português, Espanhol ou Inglês. São contribuições destinadas a divulgar resultados inéditos de pesquisas com temas mais abrangentes, que discute questões, analisa hipóteses e questiona os paradigmas vigentes. 

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de experiência

Apresenta estudo, relato ou descrição de caso com análise de implicações conceituais, descrição de procedimentos ou estratégias de intervenção, contendo evidência metodológica apropriada.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevista

Discussão convidada relacionando com um artigo específico ou um número do periódico.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenha de livro

Apresentação e crítica de livro orientando o leitor quanto às suas características e usos potenciais; constituindo um resumo comentado, com opiniões que possam dar uma visão geral da obra.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

O manuscrito submetido à publicação somente será enviado a parecerista externo após aprovado em uma análise prévia, por membros da Comissão Editorial, na qual serão observados: adequação aos objetivos e à política editorial Revista Katálysis, formato de apresentação de artigos e potencial de publicação.

Os critérios da Revista Katálysis para aceitar artigos incluem: originalidade, validade dos dados, clareza da escrita, repercussões das conclusões e contribuição científica para o Serviço Social e áreas afins. Cada manuscrito é avaliado por dois pareceristas externos que farão comentários pontuais e gerais quanto ao mérito científico do trabalho e arbitrarão sobre a aceitação, rejeição e poderão sugerir reformulações. Durante a análise serão verificados rigor, clareza e precisão quanto à produção científica, à redação, à descrição metodológica, ao conteúdo e à probidade ético-teórica. As eventuais modificações de estrutura e conteúdo serão encaminhadas aos autores. Não serão admitidos acréscimos ou alterações ao texto, após sua avaliação e aceitação final.

Os Editores e a Comissão Editorial, de posse das análises dos pareceristas, tomarão a decisão final com base no programa editorial da Revista. Em caso de discrepâncias entre os pareceristas, poderá ser solicitado um terceiro parecer. Os Editores encaminharão a decisão final ao autor responsável, via Plataforma do Portal de Periódicos.

A Comissão Editorial assegura o anonimato para o(s) autor(es) no processo de avaliação, como também assegura aos pareceristas o sigilo de sua participação, permitindo liberdade para julgamentos e avaliações.

Redação/Estilo - As revisões ortográficas, de normas e de estilo da Revista Katálysis completam o processo de avaliação.

 

Periodicidade

Periódico científico temático, quadrimestral (três números ao ano). 

 

Política de Acesso Livre

A Revista Katálysis oferece acesso livre e imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior socialização e democratização do conhecimento.

 

Arquivamento

Revista Katálysis se preocupa com o acesso ao conteúdo a longo prazo. Caso ocorra algum sinistro nos servidores, os arquivos digitais da revista estão preservados na Rede Cariniana, que utiliza o programa LOCKSS. O LOCKSS cria um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes, o qual permite que elas criem  arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração.

 

Avaliação Qualis-Capes

O sistema de avaliação brasileiro Qualis-Capes analisou a Revista Katálysis com sua melhor nota de classificação A1 na área de concentração Serviço Social e B1 em Sociologia. A Revista adquiriu esse estrato em 2010 e mantém-se em 2017 com a mesma classificação. Outras áreas avaliaram a Revista e podem ser consultados na Plataforma Qualis.

 

Estatísticas e Métricas da Revista Katálysis

Estatísticas da SciELO – Apresenta dados de downloads, acessos, visualizações dos artigos visitantes de outros países e afiliação de autores.

Estatísticas do Redalyc – Apresenta os dados de publicação, de autoria e de download. 

Google Acadêmico – Apresenta os artigos mais citados e relaciona com as fontes que citaram o artigo.  

 

 

 

Ética em pesquisa e publicação

Aos pesquisadores, autores, editores e pareceristas, além dos preceitos éticos, aplicam-se normas de conduta que derivam da finalidade específica de sua profissão: a construção e a apropriação coletivas da ciência. Essas normas definem a integridade ética das atividades científicas e podem ser deduzidas de um princípio fundamental: todo cientista deve exercer sua profissão da maneira mais apropriada para que daí resulte o avanço e socialização da ciência de forma publica.

A Revista Katálysis está convencida de que a conjugação dos esforços de pesquisadores, instituições de pesquisa, autores, editores e pareceristas terão êxito em manter a divulgação e da pesquisa científica em conformidade com os padrões da integridade ética.

A Revista Katálysis preocupa-se com a Integridade em Pesquisa, Ética na Ciência e em Publicações, por isso recomenda aos autores, pareceristas e editores, o estudo dos seguintes documentos de diretrizes básicas para a integridade da atividade científica e publicações:

a)      a Declaração de Cingapura sobre Integridade em Pesquisa, 2010, http://www.singaporestatement.org/translations.html;

b)      o Código de Boas Práticas em Pesquisa da FAPESP, 2014 http://www.fapesp.br/boaspraticas/;

c)      as Diretivas para a Integridade da Pesquisa do CNPq, 2011 http://cnpq.br/diretrizes;

d)      o documento de Cooperação entre Instituições de Pesquisa e Periódicos em Casos de Integridade em Pesquisa: Orientação do Comitê [Internacional] de Ética em Publicações - COPE (http://publicationethics.org/);

e)      a Resolução do Conselho Nacional de Saúde nº 510, de 07 de abril de 2016 - Dispõe sobre as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais (http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf).

A estas diretrizes se submetem Autores, Editor Científico, Comissão Editorial, Editor Técnico, Conselho Cientifico e Parecerista da Revista Katálysis.


 

Política Antiplágio

Antes de serem enviados à avaliação da Comissão Editorial, pareceristas externos ou a qualquer tempo durante o processo editorial, os artigos submetidos à Revista Katálysis serão verificados por software para identificação de plágio e/ou autoplágio. Os autores devem garantir a originalidade dos manuscritos e caso utilizem artigos de outros autores, que eles sejam devidamente citados. Praticar plágio, ou autoplágio, em todas as suas formas, é inadmissível. Desta forma, é possível que os autores recebam eventuais questionamentos durante o processo de avaliação do trabalho submetido, referente às indicações apontadas pelo software utilizado. Caso o plágio seja realmente comprovado, o manuscrito será devolvido ao autor.