[1]
L. C. Hilário, “Teoria Crítica e Literatura: a distopia como ferramenta de análise radical da modernidade”, Anu. Lit., vol. 18, nº 2, p. 201-215, out. 2013.