[1]
G. L. França, “Motivos de assombração e ruína: Murilo Mendes e Ouro Preto”, Anu. Lit., vol. 13, nº 1, p. 74-88, jul. 2008.