Debate presidencial: as estratégias de Lula e Alckmin na TV Bandeirantes

Luciana Fernandes Veiga, Nelson Rosário de Souza, Sandra Avi dos Santos

Resumo


Os debates presidenciais são muito importantes e contam com alta visibilidade
em campanhas eleitorais, entretanto, não têm despertado a atenção dos
pesquisadores no Brasil. Este artigo analisa um debate presidencial de TV na
disputa entre Luiz Inácio Lula da Silva e Geraldo Alckmin, em 2006. A partir
de uma análise de conteúdo, busca-se responder às perguntas: 1) Existiu diferença
de estratégia entre os candidatos? 2) Que tipos de estratégias foram
mais usados pelo candidato mandatário Lula e pelo candidato desafiante? 3)
Como os discursos dos candidatos foram estruturados? O ensaio deve ser
visto ainda como um esforço metodológico, a fim de introduzir a questão na
agenda de pesquisa em Comunicação e Política no país. Os resultados revelaram
que o ataque foi a estratégia mais utilizada pelos dois candidatos. O
candidato mandatário Lula atacava predominantemente o grupo político de
Alckmin que, por sua vez, mirava o ataque no governo de Lula. Em sua defesa,
Lula argumentava sobre suas realizações nas áreas econômica e social, e ainda
atacava o governo Fernando Henrique. Já Geraldo Alckmin argumentou apenas
sobre seu governo em São Paulo, não defendendo o seu grupo político.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais 2008 Política & Sociedade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Visite nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/revistapoliticaesociedade/

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Revista Política & Sociedade - ISSNe 2175-7984
Florianópolis - SC - Brasil

CNPq CAPES