Ética na pesquisa em Educação Física

Autores

  • Júlio César Schmitt Rocha Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
  • Tânia R. Bertoldo Benedetti Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2009v11n3p358

Palavras-chave:

Ética, Educação Física para pesquisadores, Pesquisa, Ethics, Physical Education, Research Personal.

Resumo

O objetivo é pensar a ética na pesquisa em Educação Física tendo como pano de fundo a conduta humana individual e coletiva. A questão ética para o ocidente, vem desde Platão com uma incessante busca pelas virtudes para harmonizar o bem pessoal e social e encontra os princípios absolutos de conduta: Autonomia, Beneficência e Justiça. A Educação Física não pode se isentar dos mesmos e das suas inúmeras áreas de desenvolvimento de pesquisas. Além da formação moral que se desenvolve e se solidifica dentro dos grupos sociais cuja característica é a ação de cunho individual, temos que considerar também princípios éticos como os apontados pelo Manifesto Mundial de Educação Física e o da categoria profissional, que balizam o cumprimento do exercício profissional. A pesquisa em Educação Física independente da área de investigação estará sempre num embate entre os princípios éticos institucionais regulamentados pelos diferentes comitês de ética, conselhos, e os valores aceitos pelos pesquisadores. Os comitês buscam preservar a integridade e dignidade dos sujeitos de pesquisas e os pesquisadores desafiam os limites do conhecimento sempre numa fronteira nada cômoda entre o aceito e o não aceito dentro de um determinado contexto de necessidades e visionismo acadêmico.

Downloads

Publicado

2009-01-01

Edição

Seção

Ponto de Vista