Singularidade: metáfora e a possibilidade do conhecimento sensível

Autores

  • Aldo Litaiff Université de Montréal, Canadá

DOI:

https://doi.org/10.5007/2178-4582.2019.e59315

Palavras-chave:

Conhecimento sensível, Metáfora, Verdade

Resumo

Este artigo se inicia com uma breve história, que remete à cena inaugural da cultura ocidental. Essa epopeia começa com o projeto de Platão de manter a unidade da polis helênica submetendo o indivíduo ao coletivo. Diferente de outras culturas da época, os antigos Gregos buscavam as causas dos fenômenos físicos não nas divindades, mas nos próprios eventos da natureza. Entretanto, as “ilusões dos sentidos” enfraqueceriam nossa confiança na cognição baseada na experiência individual. Esta concepção está na base da epistemologia proposta séculos depois por Kant. Segundo ele, somente o pensamento independente de toda experiência sensível, isto é, a razão pura, poderia nos familiarizar com a “realidade externa”, resgatando a necessária confiança no processo cognitivo. Segundo Maffesoli, o fim da modernidade aponta sinais que mostram o advento de um racionalismo abstrato, que não mais se baseia na representação, mas na razão sensível. Fica então a questão: é possível o conhecimento sensível.

Biografia do Autor

Aldo Litaiff, Université de Montréal, Canadá

Doutor em Antropologia pela Université de Montréal, Canadá, com estágio pós-doutoral na École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris, France,

Referências

BOURDIEU, Pierre. Raisons pratiques: sur la théorie de l’action. Paris: Éditions du Seuil, 1994.

CRÉPEAU, Robert R. Uma ecologia do conhecimento é possível? Ilha – Revista de Antropologia, Vol.7, números 1 e 2; tradução Aldo Litaiff, Florianópolis, 2005.

DAVIDSON, Donald. The social aspect of language. In: McGUINNESS, Brian; OLIVIERI, Gianluigi (Ed.). The philosophy of Michael Dummett. Boston: Dordrechet, 1994a.

DAVIDSON, Donald. La mesure du mental. In: BILGRAMI, Akeel; ENGELS, Pascal. Lire Davidson: interpretation et holisme. Paris: Éditions de L’Éclat, 1994b.

DELEUZE, Gilles. Platon et le simulacre. In: DELEUZE, Gilles. Logique du sens. Paris: Editions de Minuit, 1969.

DESCARTES, René. O discurso do método. São Paulo: Abril Cultural, 1973 (Col. Os Pensadores).

DESCOMBES, Vincent. Les institutions du sens. Paris: Les Éditions de Minuit, 1996.

DURKHEIM, Émile. Pragmatismo e sociologia. Trad. Aldo Litaiff. Tubarão, SC: Unisul; Florianópolis: UFSC, 2004.

JAMES, William. Pragmatismo. São Paulo: Nova Cultural, 1989 (Col. Os Pensadores).

KANT, Immanuel. Crítica da razão pura. São Paulo: Abril Cultural, 1974 (Col. Os Pensadores).

KUHN, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 1991.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Anthropologie structurale. Paris: Librairie Plon, 1958.

LÉVI-STRAUSS, Claude. La pensée sauvage. Paris: Librairie Plon, 1962.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Mythologiques I: le cru et le cuit. Paris: Librairie Plon, 1964.

LITAIFF, Aldo. As divinas palavras: representações étnicas dos Mbya-guarani do Rio de Janeiro. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 1996.

LITAIFF, Aldo. Les fils du soleil: mythes et pratiques des indiens Mbya-guarani du littoral du Brésil. Montréal, QC, 1999. Tese (Ph.D. em Antropologia). Université de Montréal.

MAFFESOLI, Michel. Qui êtes-vous? Entretiens avec Christophe Bourseiller, Paris: Bourin Éditeur, 2010a.

MAFFESOLI, Michel. Saturação. São Paulo: Iluminuras, 2010b.

NIETZSCHE, Friedrich. Obras incompletas: vol. 1 e 2. São Paulo: Nova Cultura, 1987 (Col. Os Pensadores).

PEIRCE, Charles S. Semiótica. São Paulo: Perspectiva, 1977.

PESSOA, Fernando. Poemas completos de Alberto Caeiro. São Paulo: Martin Claret, 2006. Disponível em: http://www.ft.org.br/site/livros/html/fpessoa.html. Acesso em: 10 set. 2014.

PLATÃO. A República. Brasília: Universidade de Brasília, 1996.

RORTY, Richard. Philosophy and the mirror of nature. Princeton, USA: Princeton University Press, 1979.

RORTY, Richard. Objetivismo, relativismo e verdade: escritos filosóficos I. Rio de Janeiro: Relume & Dumará, 1997.

RORTY, Richard. Ensaios sobre Heidegger e outros: escritos filosóficos II. Rio de Janeiro: Relume & Dumará, 1999.

WITTGENSTEIN, Ludwig. Investigações filosóficas. São Paulo: Abril Cultural, 1975 (Col. Os Pensadores).

Downloads

Publicado

2020-07-08

Edição

Seção

Artigos