Servidores Públicos Federais: uma análise do prazer e sofrimento no trabalho

Aline Vieira de Lima Nunes, Samuel Lincoln Bezerra Lins

Resumo


O presente estudo teve como objetivo identificar fatores que proporcionam prazer ou sofrimento no âmbito do trabalho. Para tanto, questionou-se essa relação em trabalhadores de uma instituição federal, especificamente por ser pública, para conhecer como os colaboradores se sentem e reagem diante de tais situações no dia a dia do seu trabalho. Dessa forma, trabalhou-se com a teoria da Psicodinâmica do Trabalho de Dejours, a partir da prática vivenciada pelos trabalhadores desses ambientes do serviço público federal. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com sete servidores públicos federais e, através da análise dessas entrevistas pela técnica de análise de conteúdo, foi possível detectar os discursos que trabalhadores das instituições públicas apresentam. Como fator de sofrimento, eles expuseram dificuldades impostas pelo serviço público, o modo de gestão altamente hierarquizado e tomado pela racionalização burocrática, e, como fator de prazer, perceber o sucesso quando atingem metas, “apesar dos obstáculos”, expressando a ambiguidade vivenciada no ambiente laboral.

Palavras-chave: prazer; sofrimento; servidor público.

Palavras-chave


prazer; sofrimento; servidor público.

Texto completo:

PDF


Rev. Psi: Org e Trab R. Eletr. Psico., ISSN 1984-6657, Brasília, Brasil.