Adaptação e Validação da Escala de Bases de Poder do Supervisor (EBPS)

Maria do Carmo Fernandes Martins, Vanessa da Fonseca Guimarães

Resumo


Influência social, estudada há cinco décadas pela psicologia, é exercida por meio de bases de poder, insumos utilizados por uma pessoa para influenciar outra. No contexto organizacional, bases utilizadas pelo supervisor produzem impacto em importantes variáveis da área. O objetivo deste estudo foi validar a Escala de Bases de Poder do Supervisor (EBPS). Os 20 itens foram traduzidos e adaptados. Respostas de 312 trabalhadores foram submetidas à análise fatorial (eixos principais) com rotação PROMAX. Retiveram-se 4 fatores com valores próprios ≥ 1,0, que explicaram 59% da variância total, reuniam 16 itens com cargas ≥ 0,30, denominados bases de poder de: perícia, coerção, recompensa e poder legítimo. A base de poder de referência não foi identificada. Cálculos de Alphas de Cronbach (0,72 a 0,85) e correlações item-total médias (0,52 a 0,64) revelaram fidedignidade adequada. Discussão comparou resultados deste estudo com outras publicações da área.

Palavras-chave


Bases de poder; Validação de escalas de medida; Influência social

Texto completo:

PDF


Rev. Psi: Org e Trab R. Eletr. Psico., ISSN 1984-6657, Brasília, Brasil.