Práticas de Gestão de Recursos Humanos e Resultados Organizacionais: Estudos, Controvérsias Teóricas e Metodológicas

Maria Teresa Esteves, António Caetano

Resumo


Analisa-se a relação entre práticas de gestão de recursos humanos (PGRH) e resultados organizacionais, a qual tem suscitado o interesse nas comunidades acadêmica e empresarial ao longo de várias décadas. Essa
questão tem sido objeto de pesquisa em vários setores da atividade econômica em diversas regiões e países. Os resultados obtidos nesses estudos evidenciaram que o sucesso empresarial está relacionado com a forma como as empresas gerem as pessoas que nelas trabalham. Com base em uma análise de estudos publicados em diversas revistas internacionais nas duas últimas décadas, entre outras na Academy of Management
Journal, salientamos as controvérsias teóricas e metodológicas que envolvem essa problemática, bem como as questões em aberto e as tendências da investigação. Sugerimos a adoção de enquadramentos teóricos multidisciplinares para explicar a relação entre PGRH e resultados organizacionais, o recurso e as metodologias qualitativas que permitam recolher informação sobre as PGRH de forma aprofundada. Sugerimos também que é conveniente pesquisar a possível existência de PGRH diferenciadas, no interior da empresa, para grupos funcionais distintos. Propomos ainda um conjunto de indicadores que podem ser utilizados no estudo sistemático das práticas de gestão de recursos humanos de elevado desempenho.

Palavras-chave: práticas de gestão de recursos humanos, resultados organizacionais, escala de PGRH.


Texto completo:

PDF


Rev. Psi: Org e Trab R. Eletr. Psico., ISSN 1984-6657, Brasília, Brasil.