Climas éticos organizacionais: validação do constructo a dois níveis de análise

Arménio Rego

Resumo


A presente investigação fornece material empírico atinente à congruência pessoa-organização, no domínio dos climas éticos, satisfazendo critérios de comensurabilidade para as duas entidades do binómio. Foram inquiridas três amostras: a) a primeira visando o teste da dimensionalização dos climas percepcionados (na organização); b) a segunda testando se esta estrutura dimensional era replicável nos climas preferidos (pela pessoa); c) a terceira almejando saber se as duas estruturas dimensionais se poderiam justapor na mesma amostra. Os resultados mostram que, no que concerne a 5 climas éticos (benevolência, auto-interesse, leis, regras e procedimentos organizacionais, lucro), é possível obter estruturas dimensionais similares para as duas entidades. Porém, nem todas as qualidades psicométricas desejáveis são verificadas.

Palavras-chave


Climas éticos. Congruência pessoa-organização. Comensurabilidade. Ethical climates. Person-organization fit. Commensurability.

Texto completo:

PDF


Rev. Psi: Org e Trab R. Eletr. Psico., ISSN 1984-6657, Brasília, Brasil.