A influência de fatores culturais e sócio-econômicos sobre o potencial de sucesso de estratégias empresariais

Antonio Caubi Ribeiro Tupinambá

Resumo


Um modelo psicológico de sucesso empresarial foi testado interculturalmente a partir de duas amostras de pequenos e médios empresários alemães ocidentais e brasileiros. O nomeado modelo pressupõe determinadas condições culturais e sócio-econômicas que funcionam como moderadores sobre o papel mediador das estratégias entre os fatores de personalidade e o sucesso empresarial. A influência potencial dessas condições culturais e sócio-econômicas sobre a eficácia das estratégias empresariais foi investigada, utilizando-se uma das quatro dimensões de valores propostas por Hofstede (1984) e uma dimensão sócio-econômica. Diferenças interculturais concernentes à eficácia e ao papel de mediador das estratégias empresariais com relação a teoremas psicológicos foram postuladas a partir das grandes diferenças entre as culturas nacionais pesquisadas no que diz respeito à dimensão de valor “Distância de Poder” e a dimensão sócio-econômica “Hostilidade Ambiental”. Os achados empíricos atestam que a diferença na eficácia das estratégias correspondentes às diferentes dimensões culturais e sócio-econômicas são prognosticáveis.

Palavras-chave


Pequena e média empresa. Estratégias empresariais. Diferenças culturais. Small business. Strategies. Culture`s consequences.

Texto completo:

PDF


Rev. Psi: Org e Trab R. Eletr. Psico., ISSN 1984-6657, Brasília, Brasil.