Contato, self e cultura organizacional: uma abordagem gestáltica.

Mônica Botelho Alvim, Jorge Ponciano Ribeiro

Resumo


Este artigo apresenta uma proposta teórica para abordar a Cultura Organizacional. A perspectiva adotada é a da abordagem gestáltica e seus paralelos com a Teoria de Sistemas oferecem as bases para o desenvolvimento de uma abordagem gestáltica das organizações, que as considera organismos vivos que se relacionam reciprocamente com o ambiente. Adota-se uma perspectiva de cultura como metáfora, baseada em um modelo teórico resumido em sete pressupostos. A partir deles, foram traçados paralelos com o conceito gestáltico de contato para formular a proposta teórica, cuja hipótese central propõe que os padrões de relação desenvolvidos pela organização ao longo de sua existência constituem uma identidade cultural que pode ser denominada self organizacional.

Palavras-chave


Cultura organizacional. Gestalt. Contato. Self. Análise organizacional. Organizational Culture. Gestalt. Contact. Self. Organizational analysis.

Texto completo:

PDF


Rev. Psi: Org e Trab R. Eletr. Psico., ISSN 1984-6657, Brasília, Brasil.