Projeto instrucional, aprendizagem, satisfação com o treinamento e auto-avaliação de impacto do treinamento do trabalho

Gardênia da Silva Abbad, Jairo Eduardo Borges-Andrade, Lucia Henriques Sallorenzo, Ana Lídia Gomes Gama, Daniela Morandine

Resumo


Esta pesquisa investiga o relacionamento de variáveis de Suporte Organizacional, Suporte à Transferência de Treinamento e Características dos Treinandos com as variáveis-critério Reação, Aprendizagem e Impacto do Treinamento no Trabalho. A pesquisa abrangeu 2.907 participantes de 226 cursos oferecidos por uma organização pública. A aplicação da escala de 12 itens de Impacto ocorreu em duas ocasiões: após duas semanas e após três meses do treinamento. Análises de regressão múltipla stepwise mostraram que os escores dos treinandos no pré-teste, a qualidade do material instrucional, o cargo, a motivação para o treinamento e a natureza dos objetivos instrucionais explicam 5% da variabilidade dos pós-testes de Aprendizagem (R = 0,24). O desempenho do instrutor, a motivação, o pré-teste, a área do curso e o suporte gerencial explicam 60% da variabilidade de Reação (R = 0,76). Suporte psicossocial à transferência, Reação e motivação explicam 47% da variabilidade de Impacto do Treinamento (R = 0,69). Aprendizagem não está diretamente relacionada com Reação nem com Impacto. Características do treinamento influenciam Aprendizagem e Reação, mas não Impacto. O treinamento sozinho parece não ser capaz de produzir efeitos duradouros sobre o comportamento do participante porque a transferência de aprendizagem para o trabalho depende de contexto pós-treinamento.

Palavras-chave


Avaliação de treinamento. Transferência de treinamento. Suporte à transferência de treinamento. Aprendizagem e reação. Raining evaluation. Transfer of training. Support transfer of training. Learning and reaction.

Texto completo:

PDF


Rev. Psi: Org e Trab R. Eletr. Psico., ISSN 1984-6657, Brasília, Brasil.