Chesterton & Father Brown

G. K. Chesterton, Éda Heloisa Pilla

Resumo


Depois da leitura de “O Conto de Fadas do Padre Brown” (G. K. Chesterton, 1914), um breve esclarecimento do grande desafio que foi a sua tradução, a começar pela estatura de seu autor. Chesterton (1847 – 1936) tinha uma visão filosófica da vida ao longo da qual muitos conflitos fizeram-no mudar de opinião sobre as questões mais candentes de sua época, mas sempre com atitudes muito bem fundamentadas e muita análise e conhecimento das idéias e convicções que acabou por abraçar.


Palavras-chave


Teoria da tradução; Literatura traduzida; G. K. Chesterton

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4237.2011n9p286

Sci. Trad., © 2005, UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1980-4237

Creative Commons License
Scientia Traductionis is licensed under a Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.