Histórico do periódico

  A revista Texto Digital teve seu início no ano de 2004 a partir do I Simpósio de Literatura e Informático realizado no ano anterior na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) sob coordenação dos professores José Luiz Jobim e Héris Arnt.

A revista foi criada com o intuito de abrir espaço para a discussão das teorias do texto literário que tentam descrever e compreender as textualidades digitais (criado dentro de um ambiente digital ou pensado para ser utilizado nesse ambiente), além de dar publicidade às artes digitais em geral. No que diz respeito à área das Letras, eram temáticas que, até aquele momento (e ainda até hoje), não encontravam muito espaço na Academia. Nos primeiros números, estava ligada à UERJ e, após, passou para a Universidade Federal de Santa Catarina, onde se encontra até hoje.

Desde 2004 até hoje, muitos editores e diferentes equipes editoriais passaram pela Texto Digital. O primeiro editor foi Rodrigo de Sales, hoje professor da Universidade Federal Fluminense. Em 2006 tivemos Otávio Tavares, que atualmente é professor da Universidade Federal do Pará. Números temáticos, em 2010, foram organizados por Cristiano de Sales – professor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Também em 2010 houve a migração da Texto Digital para a plataforma SEER dos periódicos da Universidade Federal de Santa Catarina, momento em que foram editores Tecia Vailati, Paula Ribeiro, Everton de Santa, Júlia Osório e Patrícia Chaneli Ricarte.

A partir do primeiro semestre de 2014, os editores são Isabela Melim Borges e Cláudio Augusto Carvalho Moura, que, junto a Paulo Pergher e Patrícia Ricarte, respondem pela revista .

Em todo esse período, todos os editores e suas equipes fizeram e fazem parte do NuPILL (Núcleo de pesquisas em informática, literatura e linguística, sob coordenação do professor Alckmar Luiz dos Santos).