Para compreender a ciberliteratura

Autores

  • Lucia Santaella Universidade Católica de São Paulo, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-9288.2012v8n2p229

Palavras-chave:

Ciberliteratura, Hipertexto, Formas e gêneros digitais, Hiperficção, Literatura interativa

Resumo

Mediante as mídias digitais, a configuração da literatura sofreu um salto qualitativo em todos os seus aspectos. O espaço virtual gerado pelas redes de computadores funciona como um novo meio. Abre-se com ele uma miríade de oportunidades que expandem o conceito de literatura em função da emergência de novas formas de criação literária. Disso decorre que a criação, a teoria e a crítica literárias exigem a redefinição de seus paradigmas herdados da era de Gutenberg. Tendo isso em vista, este artigo está voltado para a construção textual e hipertextual no espaço digital, o que implica uma exploração do que é ciberliteratura, em que ela se cruza e em que diverge da literatura impressa, que estratégias significantes a caracterizam e como essas estratégias são interpretadas pelos usuários na sua busca de significado.

Downloads

Publicado

2012-12-12

Edição

Seção

Dossiê