Baldwin, James. Se a rua Beale falasse. Tradução de Jorio Dauster. São Paulo: Companhia das Letras, 2019. 224 p.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2020v40n2p334

Palavras-chave:

Resenha, James Baldwin

Resumo

Baldwin, James. Se a rua Beale falasse. Tradução de Jorio Dauster. São Paulo: Companhia das Letras, 2019. 224 p.

Biografia do Autor

Benedita Teixeira Gama, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Ceará

Mestranda pelo POET, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução - UFC, possui graduação em História pela Universidade do Estado da Bahia (2001). É também graduada em Letras língua Inglesa e literaturas pela Universidade do Estado da Bahia, 2018 (UNEB).pesquisador da Universidade do Estado da Bahia. Ex-bolsista dos subprojetos do PIBID Letras Inglês: The book is on/above/under/beside the table: pela construção de práticas pedagógicas reflexivas e contextualizadas no ensino de Língua Inglesa (2015-2016), voltados ao ensino de Língua Inglesa nas escolas da rede pública de Jacobina-Ba. Atualmente é pesquisadora do grupo Desleituras em série: da tradução como interpretação, adaptação e deslocamento

Referências

Baldwin, James. If Beale Street Could Talk: A Novel. New York: Vintage, 2006.

Baldwin, James. Se a rua Beale falasse. Tradução de Jorio Dauster. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

Barbosa, Heloísa Gonçalves. Procedimentos técnicos da tradução: uma nova proposta. Campinas: Pontes, 1990.

Downloads

Publicado

2020-05-19

Edição

Seção

Resenhas de Tradução