Pesquisa qualitativa nas ciências sociais: uma discussão acerca de sua complexidade e perspectivas futuras

Ruth Gonçalves Duarte, Diego de Queiroz Machado, Fátima Regina Ney Matos

Resumo


Mesmo recebendo críticas pesadas e não tendo, ainda, alcançado o status de método, uma vez que são muitos os que a consideram uma arte, é inegável a contribuição que a pesquisa qualitativa trouxe, em especial, no contexto das ciências sociais. Dessa forma, o presente ensaio tem como objetivo apresentar, mediante exploração dos principais dilemas recorrentes da sua aplicação, a pesquisa qualitativa em toda a sua complexidade. Espera-se, com a promoção de tal discussão, que possam ser reconhecidas as múltiplas vozes e críticas responsáveis por promover e impulsionar uma evolução de seus métodos e técnicas, permitindo um desenvolvimento constante e radical da pesquisa qualitativa como instrumento de ciência, pura e aplicada.


Palavras-chave


Pesquisa qualitativa; Complexidade; Confiabilidade; Validade; Perspectivas futuras.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8951.2013v14n104p203

Direitos autorais 2013 Ruth Gonçalves Duarte, Diego de Queiroz Machado, Fátima Regina Ney Matos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

 

Cad. de Pesq. Interdisc. em Ci-s. Hum-s., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1984-8951.