Cidade de Deus entre a história e literatura: problemática racial no Rio de Janeiro (1960-1980)

Autores

  • Claércio Ivan Schneider UNICENTRO
  • Camila Biranoski Unicentro

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8951.2014v15n106p27

Palavras-chave:

Literatura, História, Racismo, Comunidade

Resumo

Busca-se, por meio da análise do romance “Cidade de Deus”, de Paulo Lins, compreender as relações entre a literatura e a história, na tentativa de investigar o tema do preconceito racial no Rio de Janeiro, mais especificamente no conjunto habitacional Cidade de Deus. Em outras palavras, um dos principais objetivos deste texto é perceber na fonte literária de Lins as representações em torno da realidade de um determinado período e contexto histórico, no qual a marginalização, a exclusão e o preconceito racial são tematizados pelo autor a partir das relações sociais dos habitantes do conjunto. 

Biografia do Autor

Claércio Ivan Schneider, UNICENTRO

Professor adjunto do Departamento de História da Unicentro, Campus de Irati-Pr.

 

Camila Biranoski, Unicentro

Licenciada em História pela UNICENTRO

Downloads

Publicado

2014-07-04

Edição

Seção

Artigos