Avaliação do impacto da industrialização no aumento de acidentes de trabalho no Brasil (2002 – 2012)

Diego Freitas Rodrigues, Samara Lysiane Wanderley de Melo, Pallony Moraes da Silva Guedes

Resumo


Qual o impacto na saúde do trabalhador brasileiro causado pela industrialização? Para responder a pergunta utilizamos os indicadores de segurança do trabalhador e de saúde do trabalhador, ambos elaborados pelas autoras, e o índice de complexidade econômica pertinente ao indicador de industrialização. Para cumprir com o objetivo e verificar o problema supracitado descrevemos as duas dimensões em termo de Brasil e comparando cada unidade federativa no período compreendido entre 2002 e 2012. Trabalhamos com a hipótese de que o aumento no número de casos de acidentes de trabalho está diretamente influenciado pela crescente industrialização do país. Foi utilizada metodologia quantitativa, com técnica de estatística descritiva e inferencial, com dados coletados em bases como DataPrev, DataInfo e Ipea. Os resultados apontam a associação entre o número de acidentes de trabalho com a industrialização, mostrando um impacto diluído nos estados da federação, diretamente relacionado ao grau de maior ou menor industrialização. 


Palavras-chave


Industrialização; Acidentes de Trabalho; Índice de Saúde do Trabalhador; Avaliação de Políticas Públicas

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8951.2015v16n108p26

Direitos autorais 2016 Diego Freitas Rodrigues, Samara Lysiane Wanderley de Melo, Pallony Moraes da Silva Guedes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

 

Cad. de Pesq. Interdisc. em Ci-s. Hum-s., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1984-8951.