(Re)estruturação urbana de Teresina (PI): uma análise de suas dinâmicas recentes

Paulo Henrique de Carvalho Bueno, Antônia Jesuíta de Lima

Resumo


Objetiva-se desenvolver uma discussão acerca do processo de (re)estruturação urbana e suas dinâmicas recentes em Teresina (PI), as quais fomentam a diferenciação socioespacial por região ou zona da cidade. No âmbito dessas diferenças, tem-se que a zona Leste se constitui, em termos de complementariedade e concorrência com o Centro, como a mais equipada com atividades comerciais e de serviços, espaços de lazer, construções habitacionais de maiores valores econômicos, o que promove uma fragmentação e diferenciação socioespacial na capital, assim como no bojo da própria região. As análises dessas constatações são fruto de uma revisão bibliográfica e de dados empíricos acerca de atividades comerciais e de serviços que se territorializam no espaço urbano da capital piauiense. Complementa-se, ainda, o estudo, com um debate das novas formas de habitar em Teresina, representados pelos processos de verticalização e expansão dos condomínios horizontais.


Palavras-chave


Produção Espacial; (Re)estruturação Urbana; Espaço Urbano de Teresina

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8951.2015v16n109p96

Direitos autorais 2017 Paulo Henrique de carvalho BUeno, ANTÔNIA JESUÍTA DE LIMA

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada sob uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

 

Cad. de Pesq. Interdisc. em Ci-s. Hum-s., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1984-8951.