Relationships between cohesion and coherence in essays and narratives

José Luiz Meurer

Resumo


Este estudo lingüístico examina relações existentes entre a soma de elementos coesivos em textos escritos (usando o sistema criado por Halliday e Hasan, 1976) e o grau de coerência geral destes textos. Para a coleta de dados, dois grupos de 7 sujeitos, falantes nativos de inglês ouviram duas gravações, uma narrativa e um ensaio, e, com auxilio de um "outline" reproduziram as gravações por escrito. Em cada texto reproduzido, executou-se uma contagem rigorosa dos 5 tipos de elementos coesivos de acordo com Halliday e Hasan. Os textos foram, também, classificados hierarquicamente, por oito juízes fora deste estudo, de acordo com sua percepção subjetiva da coerência global dos textos. Os resultados revelaram a existência de uma correlação acentuada entre o numero de elementos coesivos e a coerência observada nos ensaios. Entretanto, esta correlação não foi verificada nas narrativas. Além disso, a análise dos padrões de elementos coesivos demonstrou que os dois diferentes tipos de texto (ensaios e narrativas) formam elos semânticos utilizando agrupamentos diferentes de elementos coesivos. Conclui-se 1) que pode haver uma relação entre coerência global e elementos coesivos em certos tipos ("genres") de textos, mas que esta relação não é constante; 2) que diferentes tipos de textos apresentam padrões diversos de ligações coesivas; 3) que a relação entre coesão e coerência deve ser investigada dentro de textos de mesmo tipo ("genre").

Palavras-chave


linguistics; cohesion; coherence; essay; narrative; Halliday

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/fragmentos.v2i1.2036

Revista Fragmentos, ISSNe 2175-7992, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.