“Não sou o hóspede, nem o estrangeiro, mas o membro da família”. Sarmiento e suas ambivalências diante da realidade francesa

Autores

  • Berthold Zilly Freie Universität Berlin/ UFSC
  • Letícia M. V. S. Goellner UFSC

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7992.2016v23n1p108

Palavras-chave:

Sarmiento, Literatura Argentina

Resumo

Este artigo é uma versão revisada e abreviada de: Berthold Zilly- B. Z. “‘No soy el huésped, ni el extranjero, sino el miembro de la familia.’ Ambivalencias en Viajes por Europa, África i América 1845-47 de Domingo Faustino Sarmiento” In: Revista de Humanidades: Tecnológico de Monterrey, 27 (2009), 129-183, artigo em que também são examinadas a viagem de Sarmiento à Argélia e sua atitude ambígua frente ao colonialismo; ver também: Zilly 2016.

Biografia do Autor

Berthold Zilly, Freie Universität Berlin/ UFSC

Doutorado em Literatura Francesa pelo Freie Universität Berlin, Alemanha(1976). Professor Visitante da Universidade Federal de Santa Catarina , Brasil

Letícia M. V. S. Goellner, UFSC

Graduação em Letras Língua Espanhola e Literaturas pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil(2012). Doutoranda na PGET, UFSC. 

Downloads

Publicado

2016-12-22

Edição

Seção

Artigos