Entrevista com o tradutor Manuel Odorico Mendes

de Souza Rosane, Raquel da Silva Yee

Resumo


Trata-se de expor, neste trabalho, o processo que nos conduziu alocalizar, quase que ao acaso, um importante documento, relativamente esquecidoque, no entanto, compõe peça fundamental para recompor parte dahistória da língua portuguesa. Mais que isso, o referido texto expõe fragmentosdo olhar de um importante tradutor sobre a prática tradutória. O autor,tradutor, Manuel Odorico Mendes, é retomado aqui com todo seu esplendor.No âmbito deste ensaio, seu escrito é apresentado sob a forma de “entrevista”,aliás, artifício bastante empregado na área de tradução. Neste caso, naturalmenterespeita-se, na íntegra, a composição do autor, resgatando, destaforma, esta peça destacada, há muito, de seu conjunto. Lançam-se aqui novospilares para estudos na área da história da língua e para os estudos em tradução,bem como para a recomposição do imenso quebra cabeça que constitui oarquivo histórico nacional.

 

História da tradução, reconstituição, pesquisa (investigação).Abstract:almost that to perhaps, an important document, relatively forgotten that, however,it composes basic part for recompor part of the history of the Portugueselanguage. More than this, the related text displays fragmentos of thelook of an important translator on the practical tradutória. The author, translator,Manuel Odorico Mendes, are retaken here with all its esplendor. In thescope of this assay, its writing is presented under the form of “interview” of course it is respected, in the complete one, the composition of the author,rescuing, in such a way, this detached part, has very, of its set. New pillars forstudies in the area of the history of the language and for the studies in translationare launched here, as well as for the resetting of the immense breakinghead that constitutes the national historical archive.

 

 


Palavras-chave


História da tradução, reconstituição, pesquisa (investigação), History of the translation, reconstitution, research (inquiry)

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/27391

Revista Fragmentos, ISSNe 2175-7992, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.