Aplicação do método de pirâmides no estudo biogeográfico

Adriano Severo Figueiró, Heloisa Pauli Possas, Ângela Maria Resende Couto Gama, Antonio Fábio Guimarães Vieira, Eloiza Elena Della Justina Nascimento, Maria Aparecida Castro Cesar GüttIer

Resumo


O presente artigo visa contribuir para a divulgação do
Método de Pirâmides como representação gráfica nos estudos da
vegetação no contexto das demais variáveis envolvidas na
estruturação da paisagem. Esta metodologia, relativamente
simples, revela as condições biogeográticas e a evolução da
cobertura vegetal.

Texto completo:

PDF/A


Geosul, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. eISSN 2177-5230

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.