A ascensão da agropecuária e seus reflexos sobre as estruturas socioespaciais de povos e comunidades tradicionais no médio São Francisco mineiro

Sérgio Leandro Sousa Neves, Marcos Esdras Leite, Lisa Vany Ribeiro Figueiredo Neves

Resumo


Buscando compreender a dimensão e reflexos das atividades agropecuárias na socioespacialidade do Médio São Francisco mineiro, o presente estudo se propôs analisar a expansão da atividade agropecuária no uso e ocupação do solo nas épocas de 1986 e 2015, na região do Norte de Minas Gerais, especificamente nos municípios de Pedras de Maria da Cruz, Januária, Bonito de Minas, Cônego Marinho, Itacarambi, São João das Missões, Matias Cardoso, Manga e Jaíba. Atividade esta que se sobrepõem às dinâmicas e estruturas sociais de comunidades tradicionais com práticas e “modus operandi” pré-estabelecidos. Os procedimentos metodológicos partiram da construção da série temporal de mapas analíticos com dados que revelam as alterações socioespaciais no período proposto, subsidiadas por uma revisão bibliográfica que trata da temática. As análises permitiram concluir que o avanço da agropecuária contribuiu, em larga escala, para a redução de matas nativas e corpos hídricos; para o surgimento de conflitos socioambientais; submeteu as comunidades tradicionais à expropriação territorial e perda de direitos; comprometeu de maneira expoente a reprodução de seus modos, manejos e saberes tradicionais. Emergem, a partir deste impacto socioambiental, movimentos sociais diversos na região como estratégia de resistência.


Palavras-chave


Expropriação territorial; Norte de Minas Gerais; Comunidades tradicionais; Agronegócio

Texto completo:

PDF/A

Referências


ABRAMOVAY, R. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. - 3° Ed.- São Paulo EDUSP, 2007.

ANAYA, F. C.. “Vazanteiros em movimento”: o processo de ambientalização de suas lutas territoriais no contexto das políticas de modernização ecológica. Ciências & Saúde Coletiva, 19(10):4041-4050, 2014.

ANAYA, Felisa; BARBOSA, R. S.; SAMPAIO, C.. Sociedade e Biodiversidade na Mata Seca Mineira. UNIMONTES CIENTÍFICA, Montes Claros v.8, n.1 - jan./jun. 2006.

ARAÚJO, Elisa Cotta. Nas margens do São Francisco: sociodinâmicas ambientais, expropriação territorial e afirmação étnica do quilombo da lapinha e dos vazanteiros do Pau de Légua. Dissertação (Mestrado), Montes Claros: PPGDS/ Unimontes: 2009.

BARBOSA, R. S.; FEITOSA, A M.. A dinâmica de luta pela terra no norte de Minas Gerais. em J. Cleps Júnior, J. A. Zuba, A. M. Feitosa (Orgs.). (2005). “Debaixo da Lona: tendências e desafios regionais da luta pela posse da terra e da reforma agrária no Brasil”. Goiânia-GO. Editora da UCG.

BRANDÃO, C.R.; LEAL, A.. Comunidade Tradicional: conviver, criar resistir. Revista da ANPEGE, v. 8, n. 09, p. 73-91, 2012.

BRITO, Isabel C. B. de; A Rede-Movimento dos Geraizeiros do norte de Minas. VI encontro Nacional da Anppas, 18 – 21 de setembro, Belém- PA, 2012.

CÂMARA, G, SOUZA, R.C.M, FREITAS, U.M, GARRIDO, J. SPRING: Integrating remote sensing and GIS by object-oriented data modelling. Computers & Graphics, v. 20, n. 3, p. 395-403, 1996.

COSTA, João Batista. Cerrados Norte Mineiros: populações tradicionais e suas identidades territoriais. In: ALMEIDA, Maria Geralda de. (org.). Tantos Cerrados – Múltiplas abordagens sobre a biodiversidade e singularidade cultural. Goiânia: Ed. Vieira, 2005.

DAYRELL, Carlos. Geraizeiros e Biodiversidade no Norte de Minas: a contribuição da agroecologia e da etnoecologia nos estudos dos agroecossistemas tradicionais. Dissertação (Maestria em Agroecologia y Desarrollo Rural Sostenible) – Universidade Internacional de Andalucia, Sede Ibero Americana de La Rábida, Huelva, Espanha, 1998.

DAYRELL, Carlos. Rebeldia nos sertões. Agriculturas, v. 8, n. 4,p. 10-14, dez. 2011.

ESRI. ArcGis 10.2. Redland, California. Software. 2013.

FIGUEIREDO, Lisa Vany Ribeiro. Percepção Ambiental em uma Unidade de Conservação de Proteção Integral. Dissertação (Mestrado), Montes Claros: PPGDS/ Unimontes: 2011.

FONSECA, D.S.R.; CLEMENTE, C.M.S.; REIS, D.C.; CARDOSO, T.R.; MELO, W.J.; FRANÇA, M.A. Revista Brasileira de Cartografia, v. 66, n. 3, p. 537-544, 2014.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Evolução municipal. Disponível em: ftp://ftp.ibge.gov.br/Cartas_e_Mapas/Mapas_Tematicos/. Acessado em: 15 de mar. de 2016.

INPE, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Catálogo de imagens. Disponível em: http://www.dgi.inpe.br/CDSR/. Acessado em: 15 de mar. de 2016.

JESUS, Simone Maria de. Planejamento, gestão e ordenamento territorial no médio São Francisco no Norte de Minas Gerais. Dissertação (mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Social, Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes/PPGDS, 2009.

MAGALHÃES, F.R. de; AMORIM, R. de A., O Movimento dos Geraizeiros e a Luta Pela Terra no Alto Rio Pardo. RURIS, vol. 9, n. 2 set/2015.

PONZONI, F. J.; REZENDE, A. C. P. Influência da resolução espacial de imagens orbitais na identificação de elementos da paisagem em Altamira-PA. Revista Árvore, v. 26, n. 4, p. 403-410, 2002.

RIBEIRO, Eduardo M.; e GALIZONI, Flávia M.. Quatro Histórias de Terras Perdidas: Modernização Agrária e Privatização de Campos Comuns em Minas Gerais. R. B. Estudos Urbanos e Regionais V. 9, N.2 / Novembro, 2007.

RODRIGUES, T.W.P,; GUIMARÃES, U.S.; ROTTA, L.H.S.; WATANABE, F.S.Y.; ALCANTARA, E.; IMAI, N.N. Delineamento amostral em reservatórios utilizando imagens Landsat-8/OLI: um estudo de caso no reservatório de Nova Avanhandava (Estado de São Paulo, Brasil). Boletim de Ciências Geodésicas, v. 22, n. 2, p. 303-323, 2016.

NEVES, S. L. S.. Dos saberes tradicionais à agroecologia: um estudo de caso das práticas agrícolas da comunidade vazanteira da Ilha do Jenipapo, Itacarambi-MG. Revista Brasileira de Agroecologia Rev. Bras. de Agroecologia. 8(2): 44-61 (2013).

SILVA, A.B. Técnicas de segmentação de imagens e classificação por região: mapeamento da cobertura vegetal e uso do solo, Mucugê-BA. Mercator, v. 8, n. 17, p. 209-220, 2009.

SÍTIOS CONSULTADOS:

https://racismoambiental.net.br/2016/02/11/rebeldia-nos-sertoes-por-carlos-alberto-dayrell-2/ acesso em 13 de junho de 2018.

https://www.caa.org.br/biblioteca/noticia/5-conferencia-geraizeira acesso em 15 de agosto de 2018.

https://www.facebook.com/Articula%C3%A7%C3%A3o-Rosalino-Gomes-669537689899667/ acesso em 15 de agosto de 2018.




DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2020v35n74p333

Geosul, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. eISSN 2177-5230

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.