Chuvas em Santa Catarina durante eventos do El Niño oscilação sul

Rosandro Boligon Minuzzi

Resumo


 

Dados diários de 25 estações pluviométricas de 1960 a 2004, foram utilizados com o propósito de analisar a influência do El Niño Oscilação Sul no comportamento da chuva em Santa Catarina. A quantidade de chuva mensal (setembro a maio) foi classificada e correlacionada com a temperatura da superfície do mar (TSM) de regiões do Pacífico Equatorial. Durante a La Niña, a quantidade de chuva em outubro e novembro ficam abaixo da média, ocorrendo comportamento oposto, em abril e maio. Em anos de El Niño as chuvas de setembro ficam abaixo da média climática no Litoral de Santa Catarina. Em contrapartida, em novembro, no verão e no mês de maio, tendem a ser períodos ‘chuvosos’. As chuvas dos meses com o maior número de desvios (novembro e maio), estão correlacionadas com o comportamento da TSM nas regiões do Pacífico Equatorial


Palavras-chave


El Niño; La Niña; Clima

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2177-5230.2010v26n50p107

Geosul, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. eISSN 2177-5230

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.