GEOMETRIA HIDRÁULICA E TRANSPORTE DE SEDIMENTOS EM CANAIS DO SISTEMA FLUVIAL DO ALTO RIO PARANÁ, CENTRO-SUL DO BRASIL

Autores

  • Paulo Cesar Rocha UNESP/Faculdade de Ciência e Tecnologia de Presidente Prudente-SP

DOI:

https://doi.org/10.5007/2177-5230.2016v31n61p249

Resumo

 Este estudo tem como objetivos a análise do relacionamento entre variáveis de geometria hidráulica e a distribuição granulométrica no leito em dez seções transversais de canais num trecho do sistema fluvial do Alto Rio Paraná. A área de estudo constitui um sistema fluvial onde se desenvolveu anteriormente uma extensa planície fluvial, agora cortada por canais afluentes do rio Paraná. Foram feitas medidas da geometria hidráulica nas seções de amostragem e efetuadas amostragens de sedimentos no talvegue das seções durante um ciclo hidrodinâmico anual e levados à análise granulométrica em laboratório e em seguida análise estatística convencional. Os resultados permitiram identificar a predominância de areias médias e areias finas no leito dos canais. A dinâmica de transporte de sedimentos nos canais apresenta trapeamento do leito por areias finas durante fluxos mais baixos e remoção sob condições mais eficientes, controlada principalmente pelas variações do raio hidráulico.

Biografia do Autor

Paulo Cesar Rocha, UNESP/Faculdade de Ciência e Tecnologia de Presidente Prudente-SP

Prof. Assist. Dr. Departamento de Geografiaárea Geomorfologia 

Downloads

Publicado

2016-06-22

Edição

Seção

Artigos