A dinâmica geotecnogênica em áreas periurbanas: município de São Pedro (SP)

Dener Toledo Mathias, João Osvaldo Rodrigues Nunes

Resumo


O presente artigo objetiva analisar aspectos associados à dinâmica geotecnogênica ocorrente em áreas periurbanas afetadas por processos erosivos lineares. Foi escolhida como estudo de caso uma área do município de São Pedro - SP (bacia hidrográfica do córrego Tucunzinho), devido ao fato de conter feições tecnogênicas associadas à recorrentes intervenções visando o controle de processos erosivos. O estudo se baseou na análise geomorfológica realizada a partir de mensuração topográfica de detalhe e monitoramento da evolução das feições durante o período de três anos, utilizando-se equipamento GPS modelo RTK. Como resultado constatou-se que o modelado tecnogênico têm atuado como contribuinte à dinâmica erosiva e a presença de depósito em cabeceira de voçoroca têm induzido o acentuado entulhamento do canal, intensificando o quadro de degradação ambiental mediante assoreamento à jusante.

Palavras-chave


Erosão Linear; Geotecnogênese; Análise geomorfológica; Topografia de detalhe; Geoprocessamento

Texto completo:

PDF/A

Referências


CARPI JUNIOR, S. Técnicas cartográficas aplicadas à dinâmica da bacia do Ribeirão Araquá – SP. 1996. 188 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro. 1996.

FANNING, D.J.; FANNING, M. C. B. Soil: morphology, genesis and classification. New York, John Wiley & Sons, 1989. 395p.

HAFF, P. K. Neogeomorphology. Eos, Transactions American Geophysical Union, v. 83, n. 29, p. 310-317, 2002.

INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. 1981. Mapa geológico do Estado de São Paulo; escala 1:500.000. v1 (texto) e v2 (mapa). Governo do estado de São Paulo. Secretaria da Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia.

MATHIAS, D. T. Propostas de recuperação de áreas peri-urbanas erodidas com base em parâmetros hidrológicos e geomorfológicos: Córrego Tucunzinho (São Pedro/SP). 2011. 128 f. Dissertação (Mestrado em Geografia). Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2011.

MATHIAS, D. T. Contribuição metodológica para o diagnóstico da dinâmica erosiva linear e seu prognóstico evolutivo visando subsidiar projetos de recuperação. 2016. 178 f. Tese (Doutorado em Geografia). Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2016.

NIR, D. Man, a geomorphological agent: An introduction to anthropic geomorphology. Keter, Jerusalem and Reidel, Dordrecht, 1983.

OLIVEIRA, A. M. S. A abordagem geotecnogênica: a Geologia de Engenharia no Quinário. In: BITAR, O. Y. Curso de Geologia aplicada ao meio ambiente – DIGEO – IPT, São Paulo, ABGE, 1995. p. 231-241.

PELOGGIA, A. O homem e o ambiente geológico: geologia, sociedade e ocupação urbana no município de São Paulo. São Paulo: Xamã, 1998. 241 p.

PELOGGIA A. U. G. Sobre a classificação, enquadramento estratigráfico e cartografação dos solos e depósitos tecnogênicos. In: PELOGGIA A.U.G. Manual Geotécnico: Estudos de Geotécnica e Geologia Urbana. São Paulo, 1999. p. 35-50.

PELOGGIA, A. U. G.; OLIVEIRA, A. M. S. Tecnógeno: um novo campo de estudos das Geociências. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ESTUDO DO QUATERNÁRIO, Guarapari, 2005. Anais... ABEQUA: Guarapari, v. 10, 2005. 1 CD-ROM.

RODRIGUES, C. Morfologia original e morfologia antropogênica na definição de unidades espaciais de planejamento urbano: exemplo na metrópole paulista. Revista do Departamento de Geografia, (17), p. 101-111, 2005.

SANCHEZ, M. C. Contribuição ao conhecimento das bases naturais dos municípios de São Pedro e Charqueada (SP). Notícia Geomorfológica: Campinas, Vol 11 (21), p: 47-60, 1971.

TER-STEPANIAN, G. 1988. Beginning of the Technogene. Bulletin I.A.E.G., 38:133-142.

WATERS, C. N. et al. The Anthropocene is functionally and stratigraphically distinct from the Holocene. Science, v. 351, n. 6269, p. aad2622, 2016. Disponível em: http://science.sciencemag.org/content/351/6269/aad2622

Acesso em: 10 abr. 2016.




DOI: https://doi.org/10.5007/2177-5230.2019v34n70p484

Geosul, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. eISSN 2177-5230

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.