Habitação popular e o processo de periferização e de fragmentação urbana: uma análise sobre as cidades de João Pessoa-PB e Campina Grande-PB

Autores

  • Doralice Sátyro Maia Universidade Federal da Paraíba - Professora Associada/ Programa de Pós-graduação em Geografia/Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo

Palavras-chave:

habitação popular, conjunto habitacional, periferização

Resumo

Oprocesso de expansão das cidades brasileiras foi caracterizado como urbanizaçãoespraiada. Tal processo originou por sua vez o que se denomina de periferizaçãoe de fragmentação do espaço urbano. Nas cidades de Campina Grande e JoãoPessoa, na Paraíba, Brasil, onde foram construídos conjuntos habitacionaispopulares mais recentemente observa-se a intensificação deste processo.Analisa-se particularmente a edificação de habitações para a população de baixarenda removida de antigas favelas. Os conjuntos habitacionais foram construídosem áreas distantes dos antigos locais onde residia a população moradora. Apesarda melhoria nas condições residenciais, as dificuldades e carências permanecemna vida dos habitantes desses conjuntos habitacionais.  O presente estudo analisa dois conjuntoshabitacionais nas duas cidades. Nas duas áreas estudadas foram utilizados“surveys” para a coleta de informações qualitativas sobre as condições demoradia.  Palavraschave:habitação popular; conjunto habitacional, periferização.

Biografia do Autor

Doralice Sátyro Maia, Universidade Federal da Paraíba - Professora Associada/ Programa de Pós-graduação em Geografia/Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo

Professora do Departamento de Geociências da Universidade Federal da Paraíba e dos Programas de Pós-graduação em Geografia e em Arquitetura e Urbanismo da mesma instituição. Mestre em Geografia (UFSC), doutora em Geografia Humana (USP).

Downloads

Publicado

2015-03-11

Edição

Seção

Artigos