Considerações sobre o Brasil e a geopolítica das bacias hidrográficas transfronteiriças

Valdir Adilson Steinke, Fabiana de Oliveira Hessel, Carlos Hiroo Saito

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2177-5230.2013v28n56p89

Este trabalho procura, de maneira introdutória, abordar a problemática da gestão das bacias hidrográficas transfronteiriças que o Brasil compartilha com países limítrofes na América do Sul. A discussão por bacia hidrográfica serve como arcabouço para trazer a tona temas como, conservação dos recursos naturais e programas de desenvolvimento sustentável. Outro aspecto importante abordado é a questão de um compartilhamento efetivo em diferentes escalas de governos, afim de que as ações muitas vezes planejadas pelos tomadores de decisão possam de fato ser executadas. Estas abordagens permeiam conceitos como globalização, geopolítica e interdependência das nações, os quais são cruciais no encaminhamento de agendas positivas nos cenários multi ou bilaterais.


Palavras-chave


Geopolítica; Análise ambiental; Bacias Transfronteiriças

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2177-5230.2013v28n56p89

Geosul, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. eISSN 2177-5230

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.