O comércio eletrônico sob a ótica geográfica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2177-5230.2020v35n76p352

Palavras-chave:

Geografia Econômica, Comércio Varejista, Tecnologia de Informação, Comércio Eletrônico, Pequenas Cidades

Resumo

Neste artigo, o comércio eletrônico é tomado como pauta para uma análise geográfica de sua estrutura e de diferentes aspectos. Dentre estes aspectos, apresentaremos alguns rascunhos teóricos sobre a influência desta atividade nas pequenas cidades. Para tanto, o texto contextualiza o surgimento dessa atividade no contexto dos novos cenários macroeconômicos, tendo como enfoque a tecnologia de informação e as mudanças na relação entre as empresas, ressaltando-se, assim, a análise das recentes transformações no âmbito da realização da mercadoria, configurada na forma do comércio, e sua logística espacial. A análise se apresenta mediante um paralelo entre os fatores que representam a mudança no comércio e sua relação com a indústria trazendo como pano de fundo nesta discussão uma leitura de alguns apontamentos de economistas políticos clássicos como Karl Marx e outros, de forma que o entendimento dessas mudanças pela ciência geográfica tenha como ponto de apoio sua dinâmica espacial. Nesta mesma ótica, o trabalho aponta caminhos epistemológicos para a interpretação geográfica do objeto de estudo.

Biografia do Autor

Pedro Eduardo Ribeiro de Toledo, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Graduado em Bacharelado em Geografia pela Universidade do Estado de Santa Catarina em 2002, Licenciado em Geografia pela Universidade do Estado de Santa Catarina em 2008, cujo Trabalho de Conclusão de Curso tem como base teórica a Geografia Urbana, Mestre em Geografia Urbana pela Universidade Federal de Uberlândia em 2005, com enfase em Planejamento Urbanao e Mercado Imobiliário, Doutor em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC em 2012, desenvolvendo pesquisa na área de Geografia Econômica, mais especificamente em Negócios na Era Digital. Tem experiência na área de Geografia Humana em geral, tendo experiência em pesquisas na área de Geografia em geral por ter participado por 03 anos do Programa Espacial de Treinamento (Grupo PET Geografia UDESC), durante o período de mestrado, foi secretario da Associação dos Geógrafos Brasileiros de Uberlândia, bolsista do programa de pós-graduação e membro do colegiado e realizou estágio de docência na disciplina de Planejamento Urbano, após o mestrado adquiriu experiência na área de ensino superior, tendo lecionado na Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE, com ênfase nas disciplinas ligadas a área de Geografia Humana em geral. Na UNIOESTE coordenou os trabalhos da equipe do Projeto Rondon que participaou da Operação Vale do Ribeira (Jul/2006). Durante a realização do Doutorado sua pesquisa concentra-se nas relações geográficas do comércio eletrônico e reestruturação produtiva no quadro macroeconômico brasileiro. Atou como professor colaborador da Universidade do Estado de Santa Catarina, trabalhando com disciplinas na área de geografia humana em geral e relações de ensino para o Curso de Pedagogia. Em 2009, ingressa na Faculdade do Noroeste de Minas - FINOM, onde ministra aulas para os cursos de engenharia em áreas ligadas as ciências sociais e economia. Atuou também como Coordenador de Extensão da Faculdade do Noroeste de Minas - FINOM onde realiza atividades ligadas a projetos sociais como ações pontuais da faculdade para com à comunidade, e o Projeto Rondon, ao qual participou como Coordenador das Equipes das operações: Rio dos Siris no Estado do Sergipe (Jan/2011), Babaçu no Estado do Maranhão (Jan/2012) e Açaí no Estado do Pará (Jul/2012). Atualmente, é Professor Adjunto A pela Universidade Federal de Uberlândia - Campus de Monte Carmelo, lotado no Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, e está realizando o Estágio de Pós-Doutoramento na Universidade Federal de Uberlândia, desenvolvendo pesquisa na área de Geografia Urbana e Planejamento Urbano. Atualmente é Professor Efetivo da Universidade Federal de Uberlândia - UFU, no Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica no Campus de Monte Carmelo, onde ministra aulas nas área de fundamentos dos estudos sócio-econômicos, planejamento urbano e geologia, para os cursos de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica e Geologia.

Referências

CÂMARA BRASILEIRA COMÉRCIO ELETRÔNICO/CBCE. Disponível em: https://www.camara-e.net/– acessado em novembro de 2018.

CASTELLS, Manuel. A galáxia da internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

CHANDLER, Alfred. Ensaios para a teoria da grande empresa. Rio de Janeiro: editora da Fundação Getúlio Vargas, 1998.

CRONIN, Mary. Fazendo “business” via internet. São Paulo: Erika, 2005.

DRUCKER, Peter. A revolução do comércio eletrônico. In: JULIO, Carlos Alberto; SALIBIU NETO, José. E-business e tecnologia: autores e conceitos imprescindíveis. São Paulo: Publifolha, 2001, p. 90–107.

E-BIT / BUSCAPÉ. Disponível em: https://www.ebit.com.br/- acessado em março de 2016.

MARX, Karl. Contribuição à crítica da economia política. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. 405 p.

MAYO, A.; NOHRIA, N. Da crise do petróleo à internet — série “O mundo dos negócios e seus ícones”. São Paulo: Campus, 2008.

NAKAWAGA, Sandra S. Y. A lealdade dos consumidores nos ambientes de comércio online e offline. 2008. 310p. Tese (Doutorado em Administração de Empresa) — Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo.

RELATÓRIO WEBSHOPPERS ebit [online]. Edição 35. Relatório sobre o Comércio Eletrônico em 2016. Disponível em: https://www.ebit.com.br/webshoppers. Acessado em: maio de 2017. 51p.

RELATÓRIO WEBSHOPPERS ebit [online]. Edição 39. Relatório sobre o Comércio Eletrônico em 2018. Disponível em: https://www.ebit.com.br/webshoppers. Acessado em: março de 2019. 41p.

ROBISON, M.; KALAKOTA, R. E-business: estratégias para alcançar o sucesso no mundo digital. 2. ed. São Paulo: Bookman, 2002.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço. São Paulo: editora da Universidade de São Paulo, 2005.

TEZZA, R.; BORNIA, A. C.; HEDLER, F.; GONCALVES, M. B. Impactos do comércio eletrônico na cadeia de suprimentos. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA (SEGET), 5.; SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA (SEGET), 5., Resende: Associação Educacional Dom Bosco, 2008. v. 1.

Downloads

Publicado

2020-10-27

Edição

Seção

Artigos