Entrevista com a professora doutora Maria Adélia Aparecida de Souza - parte I

Autores

Palavras-chave:

Formação Escolar, Formação Acadêmica, Planejamento Territorial, Método, Política de Governo

Resumo

Entre os dias 10 e 12 de junho de 2019, o curso de Geografia da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL/MG) recebeu o V GEOSIMPÓSIO e o III GEOTRANS para discutir conflitos e desigualdades territoriais na sociedade contemporânea. Foram três dias de robustos debates, que tiveram como centralidade a dimensão política do espaço geográfico e a participação de importantes intelectuais da Geografia brasileira, como a professora Maria Adélia de Souza, que na conferência de encerramento nos presenteou com a necessária discussão sobre “Desigualdades socioespaciais e a constituição dos lugares nas cidades”. Na manhã do último dia do evento a professora Maria Adélia de Souza concedeu a presente entrevista, na qual retrata sua trajetória na Geografia brasileira, discorre sobre a crise que essa área do conhecimento enfrenta e reforça a importância da Geografia Nova construída pelo professor Milton Santos como possibilidade de superá-la.

Biografia do Autor

Gil Carlos Silveira Porto, Universidade Federal de Alfenas - Unifal-MG.

Professor do curso de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG).

Márcio Abondanza Vitiello, Universidade Federal de Alfenas - Unifal-MG.

Professor do curso de graduação em Geografia e Pedagogia da Universidade Federral de Alfenas (Unifal-MG).

Downloads

Publicado

2020-10-27

Edição

Seção

Entrevistas