A Parresia e o dizer verdadeiro em As Bacantes

Autores

  • Carolina Cerqueira Lima Dittrich Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2009v14n2p106

Palavras-chave:

Parresia, As Bacantes, Foucault

Resumo

Este estudo pretende investigar a prática do dizer verdadeiro na obra As Bacantes, de Eurípedes. Para tanto, irei abordar alguns dos mecanismos de poder nos estudos de Michel Foucault, buscando então, os efeitos do ato de fala que selam um contrato parresiástico entre o pastor, que atua como mensageiro ao seu soberano.

Biografia do Autor

Carolina Cerqueira Lima Dittrich, Universidade Federal de Santa Catarina

Bacharel em Letras Francês pela UFSC, cursa mestrado em Teoria Literária pela UFSC e participa da comissão editorial da revista Anuário de Literatura.

Downloads

Publicado

2009-12-04

Como Citar

DITTRICH, C. C. L. A Parresia e o dizer verdadeiro em As Bacantes. Anuário de Literatura, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 106-114, 2009. DOI: 10.5007/2175-7917.2009v14n2p106. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/2175-7917.2009v14n2p106. Acesso em: 19 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos