Uma região de guerras reais e literaturas imaginárias.

Autores

  • André Tessaro Pelinser Universidade de Caxias do Sul - UCS

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2009v14n2p141

Palavras-chave:

Imaginário Social, Regionalismo, Guerra, Modernidade, Rio Grande do Sul

Resumo

Este ensaio objetiva analisar a representação da guerra na literatura sul-rio-grandense e sua inscrição no imaginário coletivo como elemento inerente à história. Discorre-se, através da abordagem literária, acerca da fundação do passado mítico e heroico do estado, demarcando uma região simbólica, solidificada pelos laços do imaginário social. No campo da análise literária, busca-se evidenciar as influências da modernidade nas abordagens dos escritores e suas consequencias na representação da realidade.

Downloads

Publicado

2009-12-04

Como Citar

PELINSER, A. T. Uma região de guerras reais e literaturas imaginárias. Anuário de Literatura, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 141-157, 2009. DOI: 10.5007/2175-7917.2009v14n2p141. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/2175-7917.2009v14n2p141. Acesso em: 1 dez. 2020.

Edição

Seção

Ensaios