Regionalismo: a zona crepuscular da literatura

Autores

  • Natalia Borges Polesso UCS

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2010v15n2p117

Palavras-chave:

Regionalismo, História da literatura, Cânone literário

Resumo

Este artigo pretende realizar uma revisão parcial da história da literatura, tendo como recorte o regionalismo, entendido como categoria literária, no Rio Grande do Sul, do romantismo ao realismo, discutindo, dentro de um panorama histórico-cultural, algumas mudanças de perspectivas culturais, bem como suas implicações no campo da literatura e seu cânone que ocorreram na sociedade brasileira e, especificamente na gaúcha, no decorrer da história, e como elas afetaram a literatura enquanto processo cultural.

Biografia do Autor

Natalia Borges Polesso, UCS

Mestranda em Letras pelo Programa de pós graduação em Letras, Cultura e Regionalidade da Universidade de Caxias do Sul

Downloads

Publicado

2010-11-29

Como Citar

POLESSO, N. B. Regionalismo: a zona crepuscular da literatura. Anuário de Literatura, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 117-132, 2010. DOI: 10.5007/2175-7917.2010v15n2p117. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/2175-7917.2010v15n2p117. Acesso em: 23 nov. 2020.

Edição

Seção

Artigos