Os restos da História nos romances: Lessico famigliare de Natalia Ginzburg e La Storia de Elsa Morante

Autores

  • Davi Carneiro Pessoa UFSC

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7917.2010v15n2p260

Palavras-chave:

Literatura, Teoria Literária, Crítica Literária

Resumo

O objetivo deste artigo é confrontar os romances Lessico famigliare (1963) da escritora Natalia Ginzburg (1916-1991) e La Storia (1974) de Elsa Morante (1912-1985) com o intuito de pensar os excessos de poder da Segunda Guerra Mundial, de seus regimes totalitários e de seus reflexos presentes no universo familiar, afetivo e privado da sociedade italiana no entre e no pós-guerra.

Biografia do Autor

Davi Carneiro Pessoa, UFSC

Doutorando em teoria literária, departamento de Literatura- UFSC

Downloads

Publicado

2010-11-29

Como Citar

Pessoa, D. C. (2010). Os restos da História nos romances: Lessico famigliare de Natalia Ginzburg e La Storia de Elsa Morante. Anuário De Literatura, 15(2), 260-268. https://doi.org/10.5007/2175-7917.2010v15n2p260

Edição

Seção

Dossiê