A ruína da casa e a decomposição da família

Kelly dos Santos Moreira, Rita Felix Fortes

Resumo


O presente estudo objetiva analisar a relação entre a ruína da casa e a decomposição da família Meneses, no romance Crônica da casa assassinada, publicado por Lúcio Cardoso em 1959. A tragédia da família Meneses ocorre pelo fato de eles não tentarem realizar a passagem de família patriarcal, para família moderna burguesa. Portanto, não conseguem se adaptar ao seu tempo histórico, o que causa o seu fim. Para fundamentar esta análise serão utilizados os postulados de Gilberto Freyre (2000), Antônio Candido (1951) e Mariza Corrêa (1994).

 


Palavras-chave


Literatura Brasileira; Crítica Literária

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7917.2011v16n1p85

Direitos autorais 2011 Kelly dos Santos Moreira, Rita Felix Fortes

Rev. Anu. Lit. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. Santa Catarina. Brasil. ISSNe 2175-7917

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.