Entre o Pampa e o Mar: questões de civilização e barbárie

Lívia Petry Petry Jahn

Resumo


Este ensaio tem por objetivo discutir questões abordadas na metaficção historiográfica contemporânea como a noção de herói problemático, a revisão das ideologias e dos mitos, a problematização da história na ficção, e, principalmente a questão de fundo e que guia este trabalho: a noção de civilização e barbárie que perpassa a construção da identidade Ocidental. Para tanto, usamos a abordagem teórica de Bakhtin (1990), Benjamin (1985), Wolff apud Novaes (2004) e Rodrigues (2000). Assim, buscamos abordar tanto no romance “O Pintor de Retratos” de Assis Brasil (2001), quanto “As Naus” de Lobo Antunes (2011), os aspectos enumerados acima.


Palavras-chave


Metaficção Historiográfica Contemporânea; Ficção; Civilização; Barbárie; Herói Problemático.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7917.2013v18n2p98

Direitos autorais 2013 Lívia Petry Petry Jahn

Rev. Anu. Lit. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. Santa Catarina. Brasil. ISSNe 2175-7917

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.